Adolescentes torturam menina de 13 anos, em Goiás

"No nosso pensamento, nós ia bater nela e ela ia morrer e nós ia enterrar ela [sic]".

Quatro adolescentes, entre 13 e 16 anos de idade, foram apreendidas na cidade de Trindade, em Goiás, nesta segunda-feira. Elas são suspeitas de torturar e ameaçar de morte uma outra menina, de 13 anos .

No celular de uma delas, os policiais encontraram um vídeo em que duas das adolescentes aparecem batendo em outra menor com um pedaço de madeira e uma machadinha. Elas mesmas gravaram as imagens. Segundo a Polícia Civil, o motivo da violência foi ciúmes. A vítima estava interessada no ex-namorado de uma das agressoras.

Em entrevista dada ao telejornal Bom Dia Brasil, da TV Globo, uma das agressoras diz que a intenção era matar a vítima. “No nosso pensamento, nós ia bater nela e ela ia morrer e nós ia enterrar ela [sic]. Só que aí não deu certo”, disse uma das jovens.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Meus caros, o vosso país precisa é de educação! Escolas em vez e prisões e igualdade social

    Curtir

  2. Ariane Domingos

    Onde estão nossos princípios? A nossa familia? Nossa base,que referência tem essas jovens? Em que ambiência se vive?São questões sem respostas,se condenadas e o depois? Se absorvidas, como ficar sua reenclusao na sociedade; sinceramente e difícil achar a chave mestra da mente humana.

    Curtir

  3. Felipe Atoline

    Pelo visto a redução da maioridade penal não adiantará nada. Tem é que acabar com o conceito de maioridade penal, igual na Inglaterra e outros países. O juiz decide.

    Curtir

  4. Alex X Analice Ferreira

    A educação, sem dúvida, é o principal passo rumo ao fim desses acontecimentos, porém a lei da maioridade penal precisa ser revista e reduzida. Não quero dizer que precisa ser aplicada em cárcere fechado, mas pelo menos um longo período de prestação de serviço comunitário, de preferência solidário, deveria ser aplicado, independentemente da idade.

    Curtir

  5. Paulo Fernando

    ai quando o bolsonaro tenta criar leis para punir esse tipo de gente ainda fala que o cara é torturador facista etc. gente o q tem q acabar nesse pais é a impunidade se fez algo não importa a idade tem q assumir pra mim acima dos 12 anos ja deveria ter prisão perpétua pra marginal q comete crime como latrocinio, castração quimica de estrupador. chega de direitos humanos nesse pais .

    Curtir

  6. Enquanto não houver a Redução da MAIORIDADE PENAL a delinquência será passa um tempo

    Curtir

  7. Fernanda Oliveira

    Pra mim não vai adiantar de nada elas ficarem presas, ai quando sair vão querer fzr coisa pior, imagina, ela torturaram a menina por do ex namorado de uma delas, quando elas saisse da cadeia ia matar a familia garota todinha…
    Elas devem ser punidas alguma outra forma…

    Curtir

  8. Ermeson Silva

    Imperdoavel oq elas fizerao.alem de espancar elas ainda arquitetaram enterrar a jovem pode prender e jogar a chave fora.e se for possivel coloque cerca eletrica nas grades delas.

    Curtir

  9. Antonio Jose Da Silva Jose

    JÁ ESTA MAIS DO QUE PROVADO QUE NÃO EXISTE DIREITOS HUMANOS E SIM UMA ASSOCIAÇÃO DEFENSORA DE BANDIDOS QUERIA VER SE FOSSE COM UM FILHO ( A ) DESSE DEFENSORES DE BANDIDOS SE ELES IAM PEDIR PARA SOLTAR . TEM MUDAR ESTE PAIS BOLSONARO EM 2018

    Curtir

  10. Elas é que são as vítimas da sociedade!

    Curtir

  11. Alex Cardozo

    O Brasil precisa de educação sim, mas bandidos nao precisam de escolas precisam de cadeia e punição. Bandidos nao sao estudantes.

    Curtir

  12. Humberto Bento

    queria saber apenas uma coisa, vi varias pessoas falando dos direitos humanos, sobre defender as agressoras, em duvida fui pesquisar sobre e nao achei nenhuma noticia veridica falando sobre isso, queria saber da Veja, ou alguma pessoa que viu essa noticia que possa me mandar o link “link confiavel” me mostrando isso, pois acredito ser uma noticia falsa.

    Curtir

  13. Renê Marcel Oechsler

    João Dinis, tua ideia é um dos mitos que a esquerda fez surgir no Brasil e que muito tem contribuído para o aumento da criminalidade e impunidade. Penitenciária e escola tem funções distintas e precisamos das duas igualmente.

    Curtir