Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Turismo emprega mais, mas sem carteira assinada

O aumento da oferta de empregos no turismo foi maior do que o de todos os outros setores da economia em 2005. De acordo com uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foram empregadas no setor turístico 8.112.888 pessoas — 3,89% a mais do que em 2004 e 3,01% acima do que os demais setores.

Apesar da boa notícia, há uma informação preocupante nos números do IBGE: 59% dessas vagas, não têm carteira assinada. Dos trabalhadores sem vínculo formal, 3.210.151 eram autônomos. O total gasto pelo turismo com seus trabalhadores é 52,9 bilhões de reais, o que representa 8,84% da quantia paga pelo setor de serviços no país. Desse dinheiro, 44,4 bilhões de reais são destinados a salários e ordenados.

O estudo, feito em parceria pelo IBGE com o ministério do Turismo e a Embratur, ainda destacou que os serviços de alimentação foram as atividades do turismo que mais empregaram, com 37,79% de participação, o equivalente a 3.066.084 postos de trabalho. Em segundo lugar vem o segmento de transporte rodoviário, com 36,16% de participação, totalizando 2.933.868 vagas.