Tubarão arranca perna de banhista imprudente na África do Sul

Um tubarão branco arrancou uma perna e meia de um banhista de 42 anos que desobedeceu as advertências das autoridades Cidade do Cabo, na África do Sul, nesta quarta-feira, segundo noticiou o município.

O homem entrou na água da praia de Fish Hoek por volta do meio-dia (07h15 de Brasília), mesmo com o alerta de tubarão lançado uma hora e meia antes. Segundo um comunicado, a praia estava fechada, uma bandeira de advertência foi içada e sirenes de alerta tocaram.

O banhista, um britânico que mora na África do Sul, foi socorrido sem a perna direita e com a esquerda decepada abaixo do joelho, informou o Instituto Nacional Sul-africano de Socorro Marítimo.

Para proteger as pessoas nas praias da Cidade do Cabo, uma rede de observadores vigia as águas com binóculos em postos de vigilância.

Quando um tubarão é avistado, um sinal de rádio é emitido para que a sirene seja acionada e uma bandeira com o emblema de um tubarão preto em um fundo branco seja içada. Neste momento, todos devem sair da água.