Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Transporte do papa Francisco em Copacabana preocupa autoridades de segurança

Deslocamento do pontífice em meio à multidão de 2 milhões de pessoas é o desafio do momento para a organização. Palavra final será da Secretaria de Grandes Eventos do Ministério da Justiça

A 22 dias do início da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), agentes da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos, do Ministério da Justiça, ainda não chegaram a um detalhe decisivo para o evento: o deslocamento do papa Francisco pela orla de Copacabana, no dia 26 de julho. O aumento da tensão nas manifestações de rua tornou-se um complicador para toda a agenda da jornada, em especial nos atos com a presença do pontífice.

Entenda: Jornada Mundial da Juventude será o evento mais complexo do Rio

Em Copacabana será realizada a encenação da via-sacra, com estimativa de público de 2 milhões de pessoas. Como fazer o papa chegar e sair, em meio à multidão, é o problema central para o planejamento de segurança.

Está praticamente certo o uso de uma das versões do Papa Móvel. O que não se sabe ainda é se Francisco usará o modelo totalmente fechado, com vidros blindados, ou o tipo aberto, que permite maior contato com o público.

Dentro da igreja, há diferentes opiniões sobre o melhor formato do evento. Mas a decisão final, asseguram os organizadores, é da Secretaria para Grandes Eventos. O papa deve chegar às 18h à Avenida Atlântica. O evento terá participação de famosos, que lerão trechos da Via-Sacra. O papa assistirá à apresentação do palco principal, já montado, e de lá fará um pronunciamento.

Os detalhes de segurança da Jornada Mundial da Juventude têm sido um ponto sensível do planejamento do evento. Já houve discordância sobre o esquema de vigilância em Guaratiba – que necessitou de contratação de uma empresa de segurança privada – e quanto ao controle de acesso em partes da jornada. A segurança pessoal do papa ficará a cargo da Polícia Federal. Nas áreas abertas da cidade, as polícias Militar, Civil e Rodoviária Estadual e Federal, serão encarregadas da segurança.

LEIA TAMBÉM:

Rio terá feriado durante a Jornada Mundial da Juventude

Impasse na organização da JMJ: Igreja atrasa contratação de empresa de segurança

Chuvas atrasam obras da Jornada Mundial da Juventude

Papa será recepcionado por coral de 100 vozes na praia

PF pede ajuda a países vizinhos para controlar frota de ônibus da JMJ

Forças Armadas vão montar hospitais de campanha na JMJ

Padres cantores farão show para o papa Francisco na Jornada Mundial da Juventude

banner JMJ Rio 2013

banner JMJ Rio 2013 (VEJA)