Temer viaja ao Rio para reunião sobre segurança pública

A violência tem afetado inclusive a rotina das escolas na capital fluminense

O presidente Michel Temer viaja neste domingo para o Rio de Janeiro, onde participará de uma reunião sobre a atuação das Forças Armadas no Estado. Na última sexta-feira, Temer assinou um decreto autorizando o emprego das Forças Armadas para a garantia da lei e da ordem no Rio, até 31 de dezembro.

Veja também

A atuação das Forças Armadas no Rio será em apoio às ações do Plano Nacional de Segurança Pública. A implantação do plano no Rio de Janeiro vai empregar 8.500 militares das Forças Armadas, 620 integrantes da Força Nacional de Segurança e 1.120 da Polícia Rodoviária Federal, 380 dos quais de outros Estados. A previsão é que o presidente retorne a Brasília ao fim da tarde, após um sobrevoo na capital fluminense.

As Forças Armadas vão reforçar a segurança no Rio, que vive um aumento dos casos de violência. Nas últimas semanas, a Linha Vermelha, uma das principais vias da cidade, foi alvo de tiroteios entre policiais e criminosos, obrigando os motoristas a deixarem os carros. Eles se agacharam do lado de fora para não ser atingidos.

A violência tem afetado inclusive a rotina das escolas na capital fluminense. De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, somente neste ano, uma em cada quatro escolas teve que fechar durante determinados períodos ou foi forçada a interromper as aulas por causa dos tiroteios ou outros tipos de confrontos.

(Com Agência Brasil)