Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Temer recebe Rodrigo Maia e Eunício no Palácio do Jaburu

Presidente da Câmara declarou lealdade ao atual ocupante da Presidência, mas aumenta entre aliados defesa de seu nome como alternativa à crise política

Um dia após retornar da cúpula do G20, na Alemanha, o presidente Michel Temer recebeu na manhã deste domingo os presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), no Palácio do Jaburu, em Brasília.

Maia ficou no palácio por pouco mais de uma hora. Próximo na linha sucessória da presidência da República, ele tem declarado, nos últimos dias, lealdade a Temer enquanto vê crescer a defesa de seu nome por aliados do PSDB e do seu partido como alternativa viável para estancar a crise política.

“Eu aprendi em casa a ser leal, a ser correto e serei com o presidente Michel Temer sempre”, disse na sexta-feira, em Buenos Aires.

De quinta-feira até ontem, Eunício foi o presidente do Brasil em exercício porque tanto Temer quanto Maia estavam fora do país. Maia retornou ontem da Argentina, onde esteve para o Fórum de Relações Internacionais e Diplomacia Parlamentar.

No sábado, na saída do hotel em que se hospedou na Alemanha, Temer disse a jornalista que estava “tranquilíssimo” para voltar. No entanto, o presidente antecipou seu retorno e embarcou para o Brasil antes do fechamento do evento em Hamburgo.

Ao deixar o saguão do Le Meridien, ele foi questionado sobre sua estratégia de atuação ao voltar diante da acentuação da crise política. “Vou continuar trabalhando pelo país, fazendo a economia crescer, como está crescendo, sem nenhum problema, e fazendo com que todos fiquem em paz”, afirmou.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. É golpe após golpe… O problema não esta na economia, previdencia, leis trabalhistas, etc.. Esta na bandidagem nos 3 poderes podres! Cadê os paneleiros?

    Curtir

  2. Liberte o Brasil das garras dos marajás

    . 50% de todos os impostos vão para a previdência e outros 25% para pagar funcionários.
    . Uma minoria dos funcionários públicos ganha 200 bilhões por ano a mais que seus pares nos USA.
    . Para manter a farra, o país aumenta sua dívida e corta os serviços dos pobres.
    . A econômica encolhe, o desemprego cresce, tudo para manter a farra dos marajás que nunca geraram um único emprego.

    Esses marajás querem derrubar Temer, porque o presidente começou a mudar esses privilégios obscenos, com a reforma da previdência. Essa minoria de sanguessugas será a única afetada por essa reforma.

    Ajude a libertar o Brasil das garras desses sanguessugas. Exija o congelamento dos salários dessa minoria de marajás, e o fim imediato dos seus benefícios imorais, até que os rendimentos deles sejam igualados aos da maioria dos brasileiros.

    Curtir

  3. Ele tentou trabalhar para o país, mas na primeira tentativa já deu errado a polícia federal entrou na raia e já pegou logo a primeira leva de R$ 500,00.

    Curtir

  4. Carlos Aurélio

    Lula, aécio, temer – tudo bandido. Vamos derrubar um a um.

    Curtir

  5. Carlos Aurélio

    Em 2018 teremos o poder para eliminar todo político bandido. Vamos renovar a câmara e o senado

    Curtir

  6. Carlos Aurélio

    Vamos abrir os c u r r a i s e l e i t o r a i s e libertar seus prisioneiros, principalmente nas regiões norte e nordeste

    Curtir

  7. Seria mais interessante maia declarar lealdade ao povo brasileiro em vez de fazer mais uma vez a omertá.

    Curtir

  8. Otavio Santos

    “Operação salvem o meu pescoço…….”

    Curtir

  9. Carlos Aurélio

    Estejamos de olho nas urnas eletrônicas. Temos de evitar manipulações.

    Curtir