Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Temer pede sorteio de novo relator para inquérito no STF

Defesa do presidente argumenta que processo aberto contra o peemedebista não tem relação com a Lava Jato, cujo relator na corte é o ministro Edson Fachin

Em um movimento que vinha sendo estudado desde o início da semana, a defesa do presidente Michel Temer pediu que o inquérito aberto contra o peemedebista no Supremo Tribunal Federal (STF) seja redistribuído, em um sorteio de um novo relator. Atualmente, o processo está nas mãos do ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo. A defesa alega que o inquérito não tem relação com os crimes envolvendo a estatal.

Temer também pede que a investigação seja desmembrada, e corra em separado à apuração sobre os fatos suspeitos contra o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) e o deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR).

A petição da defesa de Temer foi encaminhada ao ministro Edson Fachin, relator do inquérito, poucas horas depois de a Procuradoria-Geral da República (PGR) ter pedido autorização para marcar o depoimento do presidente. Enquanto a defesa pede a suspensão da investigação até a conclusão da perícia no áudio de Joesley Batista, o procurador-geral Rodrigo Janot defende o prosseguimento, alegando que, por haver investigado preso, o prazo para a conclusão da apuração e para o oferecimento de denúncia é mais curto do que o normal.

Os advogados de Michel Temer dizem que “os fatos que se pretende levar a investigação em face do Sr. Presidente da República são totalmente distintos daqueles imputados ao Senador Aécio Neves e ao Deputado Rodrigo Loures”.

Sobre o sorteio de um novo relator, a defesa afirmou que a investigação não tem nada a ver com a Lava Jato, com a delação premiada do ex-dirigente do BNDES Fábio Cleto e com a denúncia que foi oferecida contra o então deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) – este último caso baixou para a primeira instância após o peemedebista perder o cargo.

“Em suma, Culto Ministro, a conclusão que fica é a de que os fatos imputados ao ora requerente não guardam conexão processual com qualquer outro procedimento já instaurado. Não há qualquer risco de conduções conflitantes caso, na distribuição, seja sorteado outro Ministro como Relator. Não haverá qualquer prejuízo à prestação jurisdicional”, afirmam Antônio Cláudio Mariz de Oliveira, Sérgio Eduardo Mendonça de Alvarenga e Gustavo Bonini Guedes, advogados do presidente.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Denilson Rodrigues

    Estão se borrando. kkkkk

    Curtir

  2. Ele quer que seja o Gilmar Mendes, que é da quadrilha.

    Curtir

  3. Ataíde Jorge de Oliveira

    jA
    NOT
    desesperar
    J A + sTf+ <=

    Curtir

  4. Cético, muito cético

    De fato, há uma probabilidade diferente de zero de dar Gilmar. Aí tudo bem, porque nem nos paus mandados Tóffoli e Lewandowski ele pode confiar. Chuta para a sorte. Que se ferre. O problema éo que vai acontecer. Tem que manter a equipe econômica, já que o BNDES vai voltar a soltar a grana para as JBS da vida.

    Curtir

  5. Francisco Cioffi

    Canalha, foi pego em flagrante e não se conforma. Sempre levou bola na privatização dos portos só que agora a casa caiu !

    Curtir

  6. Fabinho Cabelinho

    Ele quer o gilmar mendes o salvador dos corruptos

    Curtir

  7. Nathan Khornnes

    Sr. Temer, tenha dignidade e renuncie ao seu cargo para o qual você não foi escolhido por voto popular. Saia do seu comodismo, rasgue a máscara que esconde a sua real face. Não se apegue ao poder que emana do povo e o povo o detesta. Como detesta também todos os vigaristas dos Três Poderes.

    Curtir

  8. Everton Pereira

    Estão arriscando tudo para que caia nas mãos do amigo e parcial Gilmar Mendes. Espero que o ministro Fachin não abra mão da relatoria, para não acabar de vez com o STF que já está no fundo do poço com atitudes do Gilmar Mendes, Lewandowski e Tófolli. Caso isso aconteça será melhor para nós brasileiros a intervenção militar sobre esses 3 poderes que só pensam em si próprios e não estão nem ai com os brasileiros.

    Curtir

  9. O inquérito de Temer já nasce com uma baita dúvida razoável, nem deveria seguir adiante, se não fosse o fato de que querem por que querem apeá-lo do poder. Um escárnio!

    Curtir

  10. Social Democrata Nem Direita Nem Esquerda

    Apoiado!

    Curtir