Temer: acusações contra ministros são ‘só alegações’

Na edição desta semana, VEJA revelou que ex-diretor da Odebrecht disse em delação premiada que pagou R$ 3 mi a Moreira Franco

Com três homens fortes de seu governo citados por delatores da Lava Jato, o presidente Michel Temer afirmou nesta terça-feira, em Tóquio, que há “apenas alegações” contra seus ministros. Como revelou VEJA nesta semana,  o ex-diretor da Odebrecht Cláudio Melo Filho disse em delação premiada que pagou 3 milhões de reais em propina ao secretário do Programa de Parcerias de Investimentos ( PPI), Moreira Franco.

“O envolvimento dos nomes se deu, convenhamos, por enquanto, por uma simples alegação, uma afirmação. É preciso que essas coisas se consolidem. Se um dia se consolidarem, muito bem, o governo verá o que fazer”, disse Temer, completando a seguir: “Se a cada momento que alguém mencionar o nome de alguém [na Lava Jato] isso passar a dificultar a ação do governo, fica difícil”, afirmou.

Leia também:
Procuradores investigam empréstimos do BNDES a Bumlai
Empresa de Picciani é acusada de vender ‘vacas superfaturadas’

De acordo com o presidente, nomes como o de Franco, Geddel Vieira Lima e Romero Jucá são importantes porque “dialogam bem com o Congresso” e podem ajudar na tramitação de projetos e reformas. Temer está no Japão para uma visita oficial de três dias.

O presidente não citou o nome de seus ministros envolvidos em denúncias, mas respondeu a uma pergunta sobre se escândalos que atingem nomes como o de Geddel, Moreira Franco e Romero Jucá não prejudicam os projetos do governo no Congresso. O presidente disse que não. “Em primeiro lugar, facilitam. São pessoas que dialogam bem com o Congresso, como eu, vocês sabem, dialogo muito bem com o Congresso Nacional. Acho que podem ajudar”, afirmou.

Moreira Franco disse ao jornal Folha de S. Paulo, nesta terça-feira, que a acusação de Cláudio Melo Filho é “uma mentira afrontosa”. “Já falei sobre isso. Já divulguei uma nota, e é o suficiente”, afirmou o ministro à publicação após evento em que apresentou o PPI a empresários e investidores japoneses.

Nesta quarta-feira, Temer se reúne com o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, e com o imperador Akihito.

(Com Estadão Conteúdo)

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Ataíde Jorge de Oliveira

    Avacalhação.RJ, — Excelência.

    Curtir

  2. Napoleao Gomes

    Com certeza, essa quadrilha do Temer é uma quadrilha honesta!

    Curtir

  3. A delação premiada dá um índice muito forte, porque as consequências para os mentirosos são bastante severas. O problema é que os políticos consideram toda essa sujeira como algo totalmente normal sobre o que a sociedade tem que parar de encher o saco. O Temer está rodeado de contraventores e às vezes bandidos. É um pessoal que tem que ser extirpado da política brasileira.

    Curtir

  4. Prezado Presidente Temer, estamos torcendo por V.Exa, mas veja: o ministro que está citado em delação deveria imediatamente se afastar, se ficar provado sua inocência poderá retornar ao cargo, mas antes disso, tem que se afastar, isto mostra a lizura e a transparência do seu governo, a nação conta com o Sr… pois o estrago da petezada foi grande.

    Curtir

  5. claudio ribeiro rosa

    o TRAÍRA NÃO ESTÁ NA JUSTIÇA POR UM PROCESO PRA SER FICHA SUJA POR AJUDAR UM PARENTE EM CAIXA 2 NAS ELEIÇÕES PASSADAS ?

    Curtir

  6. Regina Coeli

    Acorde, presidente!
    Escolha melhor seu ministério e seus representantes. Ter um bando de réus na justiça, suspeitos e mencionados em delações premiadas torna seu governo IGUAL ao de Dilma. Ou seja, sem credibilidade.

    Curtir

  7. joao pereira de oliveira

    É triste esse pais governados por gangue, sai um e o outro que entra é pior, que quadrilha hoje manda no pais, PCC, CV ou QB. Temer que vergonha tentar defender essa ratasanas que convive aos redores dos governantes.

    Curtir

  8. housekeeping

    então Temer voce e esse seu pessoal tem um poder muito grande, estão juntos e da forma como voces agem, dá a impressão que querem nos fazer de idiotas, imaginando que nós não desconfiamos, não temos a menor ideia de que na posição em que se encontram seus ministros, mais voce junto Temer, irão trabalhar para abafar possiveis verdades. Não tem jeito Temer tem que afastar; que diferença com o Hospital Albert Einstein no caso dos cardiologistas, suspeita de esquema de proteses, foi utilizada a politica da etica irreprensivel; já no governo. . . . .

    Curtir

  9. ROBERTO TADEU GORIOS

    OS PETISTAS ESTÃO SOFRENDO, ESTÃO TORCENDO PRA ESSE GOVERNO TEMER DAR ERRADO.SÓ QUE ESTES PILANTRAS,TEM QUE MANDAR AMPLIAR AS CELAS EN CORITIBA PORQUE VAI MAIS UM MONTE DE PETISTAS PRESOS E O CHEFÃO LULA É O PRIMEIRO DA LISTA.PT IMPLODIU KKKKKKK

    Curtir