Secretário de Temer: ‘Tinha que fazer uma chacina por semana’

Sobre massacres em Manaus e Boa Vista, Bruno Júlio, secretário de Juventude do governo, disse que 'tinha era que matar mais'

Após o presidente Michel Temer ter sido criticado pela demora em se manifestar a respeito do massacre no presídio em Manaus e por classificar a chacina como “acidente pavoroso”, o secretário Nacional de Juventude do governo, Bruno Júlio, declarou nesta sexta-feira ao site HuffPost Brasil e ao jornal O Globo que “tinha era que matar mais” e “tinha que fazer uma chacina por semana” (ouça o áudio aqui). Os massacres na capital amazonense e em Boa Vista, que ocorreu nesta sexta-feira, deixaram 91 mortos.

“Eu sou meio coxinha sobre isso. Sou filho de polícia, né? Tinha era que matar mais. Tinha que fazer uma chacina por semana”, afirmou Júlio. O secretário é presidente licenciado da Juventude do PMDB e filho do deputado estadual de Minas Gerais Cabo Júlio (PMDB). O cargo que ele ocupa no governo é vinculado à Secretaria de Governo.

Bruno Júlio comparou a repercussão dos massacres nos presídios Anísio Jobim e Agrícola de Monte Cristo à da chacina na noite de Ano Novo em Campinas, em que um homem executou a tiros a ex-mulher, o filho e mais dez pessoas.

“Isso que me deixa triste. Olha a repercussão que esse negócio que o presídio teve e ninguém está se importando com as meninas que foram mortas em Campinas. Elas, que não têm nada a ver com nada, que se explodam. Os santinhos que estavam lá dentro, que estupraram e mataram: Coitadinhos, oh, meu Deus, não fizeram nada! Para, gente! Esse politicamente correto que está virando o Brasil está ficando muito chato. Obviamente que tem de investigar, tem que ver…”, afirmou ao O Globo.

O secretário de Juventude do governo Temer ainda diz ter trabalhado na Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi), em Minas Gerias e, com base em sua experiência, garante que “tem muita gente que consegue mudar de vida”.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Jadisson Oliveira

    Entre as pessoas do governo atual, esse é o primeiro demitido que eu lamento. O povo está contigo Bruno. Candidate-se na próxima eleição que o meu voto é seu.

    Curtir

  2. Leandro Costa de Oliveira

    Apoiado! Está longe de ser a solução para tudo, mas a bandidagem se matando é um ótimo começo! Que ao invés de morrer um cidadão de bem que morra o máximo de bandidos!

    Curtir

  3. Luiz A. Araujo Alfredo

    Eita cabra bom, merecia o ministério da justiça>

    Curtir

  4. Norberto Chamma

    É exatamente o que 99% da população brasileira pensa!
    Parabéns ao ex- secretário

    Curtir

  5. Osvaldo Souza

    Ele falou o que o povo pensa, e não o que esta imprensa esquerdista e vendida quer que o povo pensa. Chega de patrulhamento comunistas, o que aconteceu em Manaus, é o não é a pena de morte, só que foi feito pela banda podre da sociedade. Que morram mais.

    Curtir

  6. Elisete Quintino

    Quem tem que ser demitido é o Temer. Povo tá de saco cheio de tantos ladrões pagos prá sobreviver com o dinheiro do contribuinte.
    Deveria haver esse tipo de massacre todos os dias.
    Tá com peninha. Leve para a sua casa.

    Curtir

  7. lord evil kovero

    tinha estar junto voce secretario
    o povo brasileiro não deve ser morto,deve ser ressocializado!

    Curtir

  8. Direitos humanos deu tela azul com esse acontecimento! Kkkk

    Curtir