Secretário de Doria deixa o cargo para voltar à Câmara

Eliseu Gabriel anunciou neste sábado a saída da Secretária de Trabalho e Empreendedorismo de São Paulo

O secretário de Trabalho e Empreendedorismo de São Paulo, Eliseu Gabriel, anunciou neste sábado que deixará o cargo para reassumir o mandato de vereador e se dedicar à construção de um projeto partidário do PSB, do qual é presidente municipal.

O pedido de demissão foi apresentado hoje ao prefeito João Doria, durante a reunião de secretariado.

“Sou presidente municipal do meu partido e preciso dar uma atenção maior para a articulação política”, disse Gabriel, ao comentar a saída.

O secretário afirma que pesou na decisão a instabilidade política do país e a necessidade de coordenar o PSB em São Paulo. “2018 está logo aí, daqui a seis meses”, disse. Gabriel lembrou que o PSB é o partido do vice-governador Márcio França e é a terceira maior legenda em número de prefeitos do Estado.

A Prefeitura de São Paulo informou que “Gabriel fez um balanço dos seus seis meses à frente da pasta, período em conquistou importantes resultados. Além de criar o programa de fomento e incentivo à agricultura paulistana e a plataforma de economia criativa Criado em Sampa, também implantou o programa Empreenda Fácil em todas as prefeituras regionais da cidade”.

O secretário deve reassumir o cargo na Câmara ainda nesta semana. A Prefeitura que ainda não tem um nome para substituir Eliseu Gabriel, perdeu outros dois secretários recentemente: Soninha Francine, da Assistência e Desenvolvimento Social, demitida em abril, e Patrícia Bezerra, que entregou o cargo na Secretária de Direitos Humanos após a ação da prefeitura na cracolândia, em maio.

Para a base, a vereadora Aline Cardoso (PSDB) deverá assumir o cargo. Ela não foi localizada para comentar. Aline já havia sido convidada pelo prefeito para assumir a secretaria no começo do ano. Ela agradeceu o convite mas disse a Doria que gostaria de atuar, primeiro, como vereadora.

(Com Estadão Conteúdo)