Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Santana e Mônica pagaram cabeleireiro de Dilma com caixa dois

Em delação premiada, Mônica Moura revelou que Celso Kamura recebeu 50.000 reais entre 2010 e 2014, dinheiro recebido pelo casal 'por fora'

Em seu acordo de delação premiada na Operação Lava Jato, cujo conteúdo foi divulgado nesta quinta-feira pelo Supremo Tribunal Federal (STF), a mulher do marqueteiro João Santana, Mônica Moura, entregou à Procuradoria-Geral da República uma lista de favores pessoais que o casal de publicitários bancava à ex-presidente Dilma Rousseff.

Entre os agrados enumerados por Mônica, braço direito do mago das campanhas presidenciais petistas entre 2006 e 2014, está o custeio, com dinheiro de caixa dois, dos serviços do requisitado cabeleireiro Celso Kamura à petista em períodos não eleitorais, quando ela já era presidente da República.

De acordo com a delatora, Kamura começou a prestar serviços a Dilma na campanha de 2010, quando “recebia de forma legal, com nota oficial”.

“Entretanto, depois da campanha, já presidente, Dilma Rousseff usava seus serviços, para eventos importantes, e o Palácio não poderia arcar com um valor tão alto para o cabeleireiro, não tinha rubrica e nem tempo para superar a burocracia”, relatou Mônica Moura, que revelou aos investigadores que cada diária do cabeleireiro no Palácio da Alvorada, residência oficial da presidência, custava 1.500 reais.

A delatora também explicou como o dinheiro não declarado chegava a Celso Kamura. “Mônica Moura então pagou o cabeleireiro diversas vezes, durante os anos de 2010 a 2014, de várias formas: na maioria das vezes em dinheiro entregue em espécie no escritório do cabeleireiro em SP, por um funcionário de Mônica Moura, utilizando valores recebidos por fora; outras vezes reembolsava a assessora da presidente, Marly, através de depósitos bancários”.

Durante os quatro anos em que cuidou do cabelo de Dilma Rousseff, o cabeleireiro recebeu, de acordo com a mulher de João Santana, 50.000 reais do casal. Em suas declarações à PGR, Mônica relatou que o seu funcionário responsável pelas entregas de dinheiro a Celso Kamura também vai aderir à delação premiada e “irá confirmar os pagamentos realizados em dinheiro”.

Como provas do favor à ex-presidente, Mônica Moura entregou aos investigadores bilhetes aéreos emitidos em nome do cabeleireiro que partiam de São Paulo e Rio de Janeiro a Brasília.

Outros favores

Além de bancarem com dinheiro não declarado os serviços de Celso Kamura, João Santana e Mônica Moura também utilizaram o caixa dois para fazer outros agrados à presidente.

O criador da página “Dilma Bolada” no Facebook, Jefferson Monteiro, recebeu 200.000 reais em dinheiro vivo de um emissário de Mônica durante a campanha de 2014. Ele havia desativado a página, o que deixou Dilma “furiosa”, segundo a delatora, mas voltou atrás e ressuscitou a personagem depois de receber o dinheiro.

O casal também gastou 40.000 reais com os serviços de uma mulher que fazia as vezes de camareira, cabeleireira e maquiadora particular de Dilma durante o ano de 2010. Segundo a delação de Mônica Moura, o valor foi dividido em parcelas de 4.000 reais, entregues em espécie à funcionária.

Outro favor bancado por Santana e Mônica à ex-presidente com dinheiro de caixa dois de campanha foi o pagamento, em períodos não eleitorais, dos três operadores de teleprompter preferidos de Dilma: Flávio Votmannsberger, Yetor Votmannsberger e Rafael Votmannsberger. Segundo a delatora, eles cobravam 1.500 reais por dia para acompanhar a petista em alguns deslocamentos e “até em viagens internacionais como, por exemplo, na reunião da ONU”. Os Votmannsberger receberam, de acordo com a mulher de João Santana, valores superiores a 100.000 reais.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Essa mulher problemática nasceu com um monte de neurônios programados para o mal e para o crime. Ela foi assim desde o jardim de infância, em todo sentido uma desbitolada!

    Curtir

  2. É complicado, 50.000 para arrumar cabelo; por essas e por outras que não sobra dinheiro para gastos essenciais. Simplesmente lamentável.

    Curtir

  3. Hugo Desmascarador

    DILMA = SOCIALISTA = BANDIDA

    Curtir

  4. Socialistas e comunistas só gostam do melhor e mais caro, pobreza e economia não é com eles.

    Curtir

  5. Artur Britto

    Celso Kamura é corrupto, aceitou dinheiro de propina para cortar os cabelos de Bandilma. Japonês ladrão.

    Curtir

  6. Fernando Cesar Romo Rojas

    Como que era DILMA CORAÇÃO VALENTE ¹¹¹ MEXEU COM LULA MEXEU COMIGO ¹¹¹¹ E Agora Fizeram todos os COMPANHEIROS de IDIOTAS , VAI CONTINUEM DEFENDENDO , ELES DEVEM ESTAR MORRENDO DE RIR , Tomem vergonha

    Curtir

  7. Muitos inocentes morreram devido estas aberrações no poder, devido esta seita criminosa que lapidou o estado brasileiro. Prendam. Prendam, república de bananas. Ou vai ter que ser na marra.

    Curtir

  8. Francisco Martins

    Esse “penteador de anta” tem que ser preso por sonegação fiscal!!!
    Vai pentear os cabelos no cadeião de Pinheiros!!!

    Curtir