Redução de apoio a Temer no Congresso nas manchetes do dia

Parlamentares já discutem possíveis nomes para suceder presidente, que se recusa a renunciar

A perda de poder do presidente Michel Temer (PMDB) no Congresso está nas manchetes dos principais jornais nesta quarta-feira. De acordo com O Globo, resistência ao presidente inviabiliza votações e provoca tumulto no Senado em debate sobre reforma trabalhista. Na Folha de S.Paulo, partidos já trabalham com cenário de eleição indireta e apostam no ex-ministro Nelson Jobim (PMDB) e no senador Tasso Jereissati (PSDB). 

Folha de S.Paulo
Base espera cassação de Temer e já planeja sucessão
Partidos aliados do governo Michel Temer, liderados pelo PSDB, avaliam que o presidente perdeu as condições de ficar no cargo. Como ele resiste a renunciar, a solução será contar com a cassação da chapa de Temer e Dilma pelo Tribunal Superior Eleitoral, que começa a ser julgado no dia 6. Os partidos trabalham com o cenário de eleição indireta 30 dias depois da saída do presidente. Dois nomes lideram a bolsa de apostas para o pleito no Congresso: o ex-ministro Nelson Jobim (PMDB) e o senador tucano Tasso Jereissati. 

O Globo
Temer já enfrenta perda de apoio no Congresso
Investigado em inquérito no STF por corrupção, obstrução de Justiça e organização criminosa, o presidente Temer já enfrentou dificuldades no primeiro dia de votações após a delação dos donos da JBS. Para não ser derrotado na Câmara, o governo teve de inverter a pauta e começar votando a MP que autoriza saques de contas inativas do FGTS, que tem apoio da oposição. 

Estado de S.Paulo
Janot defende delação; Congresso quer CPI da JBS
Alvo de críticas por causa da condução da delação de Joesley Batista e outros seis executivos da JBS, o procurador- geral, Rodrigo Janot, disse que foram revelados crimes graves, “muito maiores do que os áudios questionados”, e justificou os benefícios concedidos aos delatores. No Congresso, líderes da base aliada articulam retaliações à JBS. Além de uma CPI para apurar as operações da empresa no mercado financeiro, parlamentares querem que a companhia seja investigada pela Comissão de Fiscalização e Controle.

Valor Econômico
Pragmáticos, estrangeiros aproveitam queda da bolsa
Os investidores estrangeiros estão pragmáticos em relação à crise política no país e aproveitaram a queda expressiva nos preços dos ativos para ampliar suas posições no mercado de ações brasileiro.

Jornal do Commercio
Governo Temer e oposição se unem contra delação da JBS
Líderes aliados do presidente e de 17 partidos, incluindo PT, PSB e PDT, apresentaram à Mesa da Câmara proposta a favor da anulação da delação de Joesley Batista e executivos do grupo.