Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Quatro funcionários são feitos reféns durante rebelião na Fundação Casa

Adolescentes da unidade de Pirituba, na Zona Norte de São Paulo, começaram o tumulto, que durou mais de quatro horas

Quatro funcionários foram feitos reféns durante uma rebelião na Fundação Casa de Pirituba, na Zona Norte de São Paulo, que começou na noite de quinta-feira. Ninguém ficou ferido.

Adolescentes começaram o tumulto por volta das 21h20, quando eram recolhidos aos dormitórios. A entidade não soube precisar quantos estão envolvidos no motim. Os servidores, que foram colocados na quadra poliesportiva, só foram liberados pouco mais de quatro horas depois, à 1h40 de sexta, depois que a equipe da Superintendência de Segurança fez a negociação.

A unidade tem capacidade total para 83 crianças e adolescentes em conflito com a lei e é dividida em dois módulos, um com capacidade para 30 pessoas e outro para 53.

Os jovens atearam fogo em colchões, mesas e cadeiras plásticas. O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado de forma preventiva.

Por meio de nota, a Fundação Casa informou que todos os adolescentes que participaram da ação vão passar por uma Comissão de Avaliação Disciplinar (CAD), para analisar quais sanções disciplinares serão aplicadas a eles. A Corregedoria Geral do órgão também abriu sindicância para apurar as causas e o número de jovens que participaram do motim.

Leia também:

Fundação Casa improvisa segurança de unidades

(Da redação)