Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PSB de Cid Gomes rompe aliança com o PT no Cerá

Decisão sinaliza desejo da legenda de lançar candidato próprio em Fortaleza

O governador do Ceará, Cid Gomes, anunciou na noite de segunda-feira que o Partido Socialista Brasileiro (PSB) decidiu não apoiar o nome indicado pelo PT para disputar a prefeitura de Fortaleza. Desta forma, o partido sinaliza com o lançamento de uma candidatura própria, rompendo assim a aliança com o Partido dos Trabalhadores (PT), que elegeu e reelegeu Cid governador e reelegeu a atual prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT).

O anúncio foi feito durante encontro do PSB na noite desta segunda, no Hotel Blue Tree, em Fortaleza. Cid Gomes preside o PSB no Ceará. A tese da candidatura própria vinha sendo defendida pelos irmãos dele, Ciro e Ivo Gomes, que há algum tempo tecem duras críticas contra Luizianne.

Cid mostrava-se reticente, mas acabou cedendo ao apelo dos irmãos depois que o PT anunciou o nome do ex-secretário municipal de Educação, Elmano Freitas, como candidato do partido. O governador cearense torcia por Camilo Santana. O presidente Lula tentou costurar um acordo, mas também não obteve êxito.

O PSB marcou sua convenção para o próximo dia 23, quando pretende escolher um nome do próprio partido para concorrer ao cargo majoritário na capital cearense. Segundo Ciro Gomes, os mais cotados são o ex-secretário especial da Copa, Ferrucio Feitosa, o atual presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, Roberto Cláudio, e o vereador Salmito Filho.

(com Agência Estado)