Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Propineiro do PMDB decide falar, e Lava Jato chega a Renan

Felipe Parente, o homem da mala, fez acordo de delação para contar como levava dinheiro da Transpetro a Renan Calheiros e outros caciques peemedebistas

Em sua caçada montante, a Operação Lava-Jato nunca esteve tão perto de capturar o terceiro homem na linha de sucessão da República: o senador Renan Calheiros, do PMDB de Alagoas, que preside o Senado Federal. VEJA teve acesso a um despacho sigiloso do ministro Teori Zavascki, cuja leitura traz quatro revelações:

• O homem da mala do PMDB, o empresário e advogado Felipe Rocha Parente, fez um acordo de delação premiada e apresentou cinco anexos, como são chamados os itens que compõem a lista do que o delator pretende detalhar.

Em um dos cinco anexos, Parente conta que entregava propinas para a cúpula do PMDB. Eram fruto de dinheiro desviado da Transpetro, subsidiária da Petrobras.

Entre os beneficiários das propinas saídas da Transpetro, estão Renan Calheiros e seu colega de Senado Jader Barbalho, do PMDB do Pará.

O anexo de Parente ainda precisa ser comprovado no curso da delação, mas já foi confirmado por pelo menos três delatores.

As revelações do despacho de Teori jogam luz sobre um dos momentos mais barulhentos da Lava-Jato, ocorrido entre maio e junho passado.

Para ler a reportagem na íntegra, compre a edição desta semana de VEJA no iOS, Android ou nas bancas. E aproveite: todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no iba clube.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Wagner Nogueira Santos

    Srs. jornalistas, vocês poderíam me explicar porque TODOS os Generais Presidentes entre 1964 e 1985 (Castelo, CostaeSilva, Médici, Geisel e Figueiredo) PROGREDIRAM o Brasil e morreram pobres enquanto TODOS os POLÍTICOS Presidentes ROUBARAM e ficaram MILIONÁRIOS e escarneceram o povo ?

    Curtir

  2. José Carlos

    É verdade nós estamos felizes porque estamos vendo que finalmente a justiça esta sendo feita para todos.E eles os corruptos ainda esboçam desaforo como se fossem pessôas diginas.Via o Dr. Moro viva o nosso Brasil e cadeia neles.

    Curtir

  3. Finalmente!!!!!!!

    Curtir

  4. Francisco Lemos

    Aqui pra nos, pelo nivel desses sujeitos (politicos, juizes, etc..) alguem ainda confia nas urnas eletronicas??
    Nao se trata de hackers, apesar de essas urnas serem super atradas.
    Mas, quem tem as chaves mesmo? Quem garante? Levandowsky?????
    KKKK
    Pobre Brasil…

    Curtir

  5. JOSÉ ROBERTO DE LIMA MACHADO

    Pelo visto, o “Grande Líder”, será o último.Coitado dos presos.Com todo esse pessoal lá dentro, logo serão explorados, enganados e roubados.

    Curtir

  6. José Antonio Sanches

    Esse canalha nunca deixou de estar em todas falcatruas, desde o Governo Collor.

    Curtir

  7. Com todo respeito que tenho pela Veja, acho que vocês prestam e de-servico a Nacao antecipando fatos que depois podem prejudicar o andamento do processo. Isso é furo? Furo na agua.

    Curtir

  8. Que o Renan é um criminoso já sabemos há muito tempo. Mas, a ‘justiça’ neste país é muito benevolente com tipos como ele. E ainda por cima existe o imundo foro privilegiado. E nós? Aceitamos tudo isso como carneirinhos.

    Curtir

  9. José Carlos Lopes de Oliveira

    Não entendo tamanha surpresa de certos jornalista quando dizem finalmente que o Renan está envolvido em falcatruas. Ele é a falcatrua na sua essência mais pura. Surpresa seria se fosse considerado gente decente.

    Curtir

  10. jose milton mascarim

    Vai estar sob decisão do STF, vai demorar e muito.
    Se tivéssemos um ministro ao nível de Moro, temos a certeza que muitos políticos (foro privilegiado) teriam um julgamento imediato, com procede o MPF principalmente de CTBA.

    Curtir