Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Preso 3º suspeito de participar de morte de casal em SP

Por Gheisa Lessa

São Paulo – Foi preso na segunda-feira o terceiro suspeito do assassinato do casal Adenilson Alves, de 57 anos, e Leila Elisabete de Oliveira Alves, de 41, que desapareceu no último dia 29 de maio. Os corpos foram encontrados no domingo. De acordo com a polícia, um quarto suspeito continua sendo procurado.

Raisson Silva do Nascimento, de 27 anos, foi localizado em sua residência, na região de Parelheiros, zona sul de São Paulo, que fica próxima ao local onde o casal foi morto, informou o delegado titular do 4º Distrito Policial de Diadema, Miguel Ferreira da Silva.

No último sábado, Fabio José da Silva, de 38 anos, foi localizado e detido também por suspeita de participação no crime. Em depoimento acabou confessando o crime, segundo a polícia. Já o vendedor ambulante Gabriel Lima de Albuquerque se entregou à Corregedoria Geral da Polícia Civil na sexta-feira e confessou o assassinato.

Segundo a versão de Fábio José da Silva, os corpos do casal morto foram jogados no fosso de um sítio localizado na Estrada do Jaceguava, em Balneário São José, região de Parelheiros, nas informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP). Busca feita pela polícia acabou encontrando os corpos. O local será periciado.

O pedreiro Adenilson Alves, de 57 anos, e a babá Leila Elisabete de Oliveira Alves, de 41, desapareceram na manhã do dia 29 de maio, após saírem de casa, no Jardim Inamar, em Diadema, para negociar a compra de um terreno no bairro de Parelheiros. A venda do terreno havia sido anunciada no jornal e os supostos vendedores, de acordo com informações de parentes das vítimas, teria exigido que o pedreiro levasse R$ 6 mil em espécie para o fechamento do negócio.