Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Por segurança, ‘Cabeça Branca’ é transferido de Curitiba

Preso no sábado, traficante mais procurado pela Polícia Federal foi levado a destino não informado

Por motivos de segurança, o traficante Luiz Carlos Rocha, conhecido como Cabeça Branca, não está mais em Curitiba, para onde foi levado após ser preso, no sábado. A Polícia Federal comunicou que o criminoso foi conduzido ao Aeroporto Afonso Pena no início desta tarde e de lá decolou a destino não informado, também por motivos de segurança.

Luiz Carlos Rocha é acusado de organização criminosa, tráfico internacional de drogas, lavagem de dinheiro, associação para o tráfico e falsificação de documentos públicos e privados. Ele estava custodiado e foi interrogado na Superintendência Regional da PF, a mesma onde ficam os presos da Operação Lava-Jato.

Veja também

Além da prisão de um dos maiores traficantes de drogas da América do Sul, a ação da PF apreendeu 4,54 milhões de dólares, o equivalente a 15 milhões de reais, e cerca de 1,5 tonelada de cocaína. O dinheiro estava em uma residência e um apartamento em São Paulo. Já a droga era guardada em três endereços.

A PF ainda recolheu joias, carros, relógios, documentos e computadores que serviam à quadrilha. Como as equipes ainda estão em diligências, os bens e os valores apreendidos ainda podem aumentar.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Helio Carneiro

    Quando vão falar no Foro de São Paulo? A raiz da prosperidade do tráfico na América do Sul é de total responsabilidade desse foro criminoso.

    Curtir