Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PMs do caso Amarildo são condenados por corromper testemunhas

Major Edson Raimundo dos Santos e soldado Newland de Oliveira foram condenados pela Justiça Militar a quatro anos de prisão cada um

O major Edson Raimundo dos Santos e o soldado Newland de Oliveira foram condenados pela Justiça Militar na quinta-feira a quatro anos de prisão cada um por corromper duas testemunhas no caso do sumiço do ajudante de pedreiro Amarildo de Souza.

Amarildo morava na favela da Rocinha, na zona sul do Rio, e desapareceu em julho de 2013, após ser conduzido para averiguação por policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) situada na comunidade.

Embora a polícia tenha concluído que Amarildo morreu, seu corpo nunca foi localizado. O major já havia sido condenado a 13 anos e 7 meses de prisão pelos crimes de tortura seguida de morte, ocultação de cadáver e fraude processual.

Outros dois acusados de corromper essas testemunhas, o tenente Luiz Felipe de Medeiros e o soldado Bruno Medeiros Athanazio, foram absolvidos no julgamento.

A absolvição de Medeiros foi pedida pelo Ministério Público, que acusou os outros três policiais de dar dinheiro a duas testemunhas para que afirmassem à Polícia Civil que traficantes da Rocinha haviam matado Amarildo. Essas testemunhas são mãe e filho, que estão desaparecidos desde 2014. A Justiça não conseguiu localizá-los para interrogatório.

Os advogados dos policiais alegaram cerceamento de defesa por não terem podido interrogar as testemunhas. Mas os cinco julgadores da Auditoria de Justiça Militar consideraram que as provas eram suficientes para condenar os dois PMs a dois anos de prisão por cada vítima.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Marcos MOraes

    A PM tem que acabar. A policia deve ser uma só! O resto é casta.

    Curtir

  2. Gafanhoto Fanho

    Fica aqui meu apoio ao Militares da PM, vamos torcer que sejam inocentados em segunda instância. Força PM!!!

    Curtir

  3. Rogério Roberval

    E o PSOL, que arrecadou mais de R$300 mil para a família do ladrão Amarildo e só disponibilizou R$50 mil para eles? Não vai ser investigado?

    Curtir

  4. Rogério Roberval

    Marcos Moraes, tonto de esquerda, se acha a PM corrupta e criminosa é porque não conhece nada de polícia, pois a civil dá de 1000 a zero nesse quesito. A esquerda [é que deve acabar, ideologia que só beneficia sua casta de vagabundos.

    Curtir

  5. Sonny Burnett

    Que tal uma reportagem da veja sobre o fim do dinheiro do Amarildo e seus envolvivos?

    Curtir