Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PF faz operação contra desvios na Agricultura em SC

Cinco servidores foram afastados das funções por mandados judiciais; operação parte da suspeita de adulteração de pescados importados da China

A Polícia Federal realizou duas operações contra desvios na Agricultura nesta terça-feira. Além da Operação Lucas, baseada no Tocantins, foi deflagrada a Operação Fugu, em Santa Catarina. Ambos os casos dizem respeito à corrupção nas superintendências regionais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

A Operação Fugu contou com a participação de cerca de 110 policiais, cumprindo 37 mandados judiciais. São 20 mandados de busca e apreensão, doze de busca pessoal e cinco de suspensão cautelar das funções públicas, cumpridos nas cidades de Florianópolis, São José, Balneário Camboriú, Itaguaí, Blumenau, Navegantes e Jaraguá do Sul.

Os cinco servidores públicos afastados atuavam na unidade do MAPA em Santa Catarina. Segundo a Polícia Federal, os suspeitos atuavam concedendo benefícios ilícitos à empresas do ramo alimentício e perseguido, com punições disciplinares e remoções injustificadas, outros que não aceitavam participar do esquema.

A investigação da PF se aprofundou na região do Vale do Itajaí, a partir da suspeita que empresas investigadas podem ter colocado para a comercialização três espécies de peixe importadas da China alteradas. O processo conhecido como “Oversoaking” trata da inserção de água e produtos químicos nos animais para que seja aumentado o peso.

Os pescados seriam desviados e não passavam pelos entrepostos adequados para a entrada no Brasil, com a importação facilitada e sem a fiscalização devida. Os envolvidos podem responder pelos crimes de associação criminosa, corrupção ativa e passiva, advocacia administrativa, prevaricação, importação, venda e entrega de produto alimentício adulterado, denunciação caluniosa, constrangimento ilegal e falso testemunho.