Banda Aviões do Forró é alvo de operação da PF

Há 32 mandados de condução coercitiva e 44 de busca e apreensão sendo cumpridos. A banda é suspeita de praticar fraudes no imposto de renda

A Polícia Federal deflagou na manhã desta terça-feira a operação “For All” que tem como principal alvo a banda cearense Aviões do Forró. A ação busca investigar fraudes no imposto de renda praticados pelo grupo cearense. As investigações revelam que o grupo que administra a banda estaria fornecendo dados falsos e omitindo informações relevantes em suas declarações de Imposto de Renda, para livrar-se da cobrança de tributos, além da possível ocorrência de lavagem de capitais, falsidade ideológica e associação criminosa.

Estão sendo cumpridos 32 mandados de condução coercitiva e 44 de busca e apreensão nas cidades de Fortaleza e Russas, no Ceará, e Souza, na Paraíba, além de ter sido decretado o bloqueio de imóveis e veículos de pessoas ligadas a um grupo empresarial atuante no ramo do entretenimento e responsável por grandes bandas de forró e casas de shows do Ceará. A operação tem o apoio da Receita Federal.

LEIA TAMBÉM:

Empresa de Picciani é acusada de vender ‘vacas superfaturadas’

Integrantes da banda Aviões do Forró também são alvos da operação e há mandados contra os cantores. Os envolvidos tiveram seu sigilo fiscal quebrado pela investigação, o que ajudou a localizar diversas pessoas físicas e jurídicas que tiveram participação na prática dos delitos.

Os fãs do grupo de forró cearense vão se lembrar que a banda já “antecipou” em um de seus sucessos que poderia ser alvo de uma operação. A música Corra que a Polícia Vem Aí começa assim: “Eu cheguei do forró/ Eu não quero mais dançar/ Eu não vivo, mas cuidado/ Que a polícia vem aí!”.  Por meio de nota, a banda informou que “está à disposição da Polícia Federal e da Justiça e que colaborará com todos os questionamentos em relação à operação”.

De acordo com a investigação, o grupo ainda adquiria bens, como veículos e imóveis, sem declará-los à Receita Federal e foram encontradas divergências sobre valores pagos a título de distribuição de lucros e dividendos, movimentações bancárias incompatíveis com os rendimentos declarados, pagamentos elevados em espécie, além das diversas variações patrimoniais a descoberto. Há indícios de lavagem de capitais, falsidade ideológica e associação criminosa.

A PF informa que o nome “For All” (para todos) é uma associação aos bailes dados por engenheiros britânicos, instalados em Pernambuco no início do século XX para construir a ferrovia Great Western, que promoviam bailes abertos ao público (for all). Assim, o termo passaria a ser pronunciado “forró” pelos nordestinos.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Agora eu quero ver eles “saírem vuados” dessa…

    Curtir

  2. Pietro Muniz Giotto

    Operação “For all”? Essa operação “para todos” da PF é uma piada. Para todos, menos para o PSDB e a grande mídia (Globo, principalmente). O Aécio foi delatado pelo Delcídio por manipular dados bancários e fiscais e a PF nada faz, finge que não enxerga.

    Curtir

  3. Pietro Muniz Giotto, calma, o que é “deles” está sendo guardado e está fermentando, quando menos se esperar haverá pranto e ranger de dentes…kkkkk

    Curtir

  4. Este orgao federal quando quer faz o trabalho, resta eles investigarem politicos com bens muito acima dos seus ganhos.

    Curtir

  5. Cézar Oliveira

    No Brasil quem tem talento e ganha dinheiro é obrigado a pagar impostos extorsivos para bancar politicos e uma enorme quantia de pessoas que nao produzem nem o que comem

    Curtir

  6. se este país quiser ser uma potência, aliás tem tudo pra dar certo, temos que fazer uma faxina: primeiro pena de morte pra crimes hediondos e terrorismo, segundo: aprender a votar, em pessoas que sejam idôneas, não em bandidos, terceiro, investir em educação, saúde, segurança, ai a coisa muda pra melhor…. ainda dá tempo.

    Curtir

  7. Ataíde Jorge de Oliveira

    Forrobodó.ju$.BR

    Curtir

  8. Neri Antonio

    JM, concordo com você. Apenas colocaria a educação em primeiro lugar. O resto vem a reboque.

    Curtir

  9. sebastiao ferreira cantarino

    Eta povo que gosta de forró rapaz!! Eles(artistas) gostam é de dinheiro, e quem ganha dinheiro tem que declarar à Receita Federal do Brasil. Ponto final.

    Curtir

  10. Aloisio Barros

    E se apurar outras bandas e outros “artistas”, vão achar muito mais. Não é safadão?

    Curtir

  11. Nenhum linguista sério avaliza essa balela de que forró é derivado de “for all”. Forró era, inicialmente, “forrobodó”, como moto era motocicleta, foto era fotografia. Quem diz que forró vem de for all, tem de dizer de onde é que vem o “…bodó”.

    Curtir

  12. Sergio Ricardo Pavlov

    A operação podia sem “for all” mesmo e dar uma passadinha na casa do Chico…
    Se não encontrassem nada, tudo bem, pelo menos o cara já ia sentindo o bafo quente no cangote da lei…
    Quem defende corrupto, PODE ou DEVE ter o rabo preso…

    Curtir