Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

PDT anuncia candidatura de Osmar Dias no Paraná

Senador havia se comprometido a apoiar o PSDB se seu irmão, Alvaro Dias, fosse o vice de Serra

Osmar Dias era a única possibilidade de um palanque petista no Paraná e, por isso, vinha sendo cortejado por PSDB

Os tucanos fizeram todo os esforços possíveis, José Serra abriu até uma crise com o Democratas, tradicional aliado, mas mesmo assim o PSDB acabou traído pelo senador Osmar Dias (PDT), que deve mesmo concorrer ao governo do Paraná. A notícia foi divulgada no Twitter pelo prefeito de Cascavel, Edgar Bueno, também do PDT, e no blog Tijolaço, do deputado federal Brizola Neto. Em seu blog, Brizola Neto escreveu: “Acabo de receber um telefonema do ministro Carlos Lupi que me informou ter ouvido, alguns minutos atrás, do Senador Osmar Dias que ele será o candidato da frente de partidos pró-Dilma ao Governo do Paraná, ocorra o que ocorrer com a indicação de seu irmão ao lugar de vice de José Serra”. Osmar Dias era a única possibilidade de um palanque petista no Paraná e, por isso, vinha sendo cortejado por PSDB. O senador tinha se comprometido com os tucanos a apoiar a candidatura de Beto Richa (PSDB) ao governo do Paraná caso seu irmão, Alvaro Dias, fosse candidato a vice de Serra. Alvaro Dias foi anunciado na chapa de Serra, o que abriu uma crise na aliança com o PSDB com o DEM, que pretendia indicar o nome do vice. A questão ainda não foi resolvida, os caciques dos dois partidos ainda têm uma reunião esta manhã antes da convenção dos Democratas. Resta saber se agora, diante do anúncio de Osmar Dias como candidato ao governo do Paraná, o nome de Alvaro Dias será mantido.