Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Palocci dispensa oito testemunhas de defesa na Lava-Jato

O ex-ministro da Fazenda mudou sua estratégia de defesa na ação penal. Há duas semanas, ele anunciou que estava disposto a colaborar com a Justiça

O ex-ministro Antonio Palocci dispensou os depoimentos de oito testemunhas de defesa em uma ação penal da Lava-Jato, em Curitiba. O ex-ministro é réu no processo, junto com o ex-presidente Lula, o empresário Marcelo Odebrecht e o advogado Roberto Teixeira. A denúncia diz respeito a despesas de Lula que teriam sido pagas pela Odebrecht, como a compra de terreno para o Instituto Lula e o aluguel de apartamento em São Bernardo do Campo.

Veja também

Entre as testemunhas dispensadas por Palocci estão o banqueiro Lázaro Brandão, do Bradesco, o empresário Jorge Gerdau Johannpeter, do Grupo Gerdau, e o ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli. Os advogados Alessandro Silvério e Bruno Augusto Vianna, que entraram com o pedido de dispensa de testemunhas em favor de Palocci, não informaram na petição os motivos da mudança de estratégia na ação penal.

No mês passado, em depoimento ao juiz Sergio Moro, Palocci disse que tem muito o que contar à Justiça. O ex-ministro disse ao juiz que suas revelações poderiam acrescentar mais um ano de trabalhos para a Lava-Jato. O ex-ministro, identificado nas planilhas da Odebrecht como “Italiano”, é acusado de intermediar pagamentos de caixa dois e dinheiro de corrupção da Odebrecht para o então presidente Lula.

Palocci vai prestar cinco depoimentos ao juiz Sérgio Moro. As audiências estão marcadas para os próximos dias 22, 24 e 26, e 5 e 7 de junho. Marcelo Odebrecht será ouvido nos dias 5 e 7 de junho.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Democrata Cristão (Liberdade de Expressão é meu direito CF 88 art 5 e art 220)

    É bom o Palocci contar tudo, caso contrário vai passar a velhice na cadeia. Se ele acha que o Lula é um idealista de esquerda está enganado, ele só quer salvar a própria pele, aliás, segundo informações da rede, no governo dos milicos, Lula entregou todo mundo.

    Curtir

  2. Democrata Cristão (Liberdade de Expressão é meu direito CF 88 art 5 e art 220)

    “Lula era informante do meu pai no Dops”, palavras do próprio Tuma Júnior.

    Curtir

  3. O Palocci não devia perder a oportunidade de revelar os podres da Orcrim Petista e quem é o verdadeiro poderoso chefão e a teia de agentes nesta organização.

    Curtir

  4. bruno henrique dias

    Nao precisa ser vidente para saber qual será o futuro (AS CARTAS JÁ ESTÃO MARCADAS) daqui a pouco o (SUPREMO) já colocará ele em liberdade

    Curtir

  5. persianasflaci.blogspot.com

    Ja sabemos como tudo isso vai terminar ,, em nada…

    Curtir

  6. Odilon Moreira

    esse sujeito está borrando as calças de medo do Juiz Sérgio Moro e os motivos são simples : ele vai mentir como sempre faz e isso será visível , além do mais estará na presença de um homem de verdade , coisa que ele jamais será nesta vida . Moro , por ser um sujeito descente enche os cafajestes de medo .

    Curtir

  7. Obrigado gilmar!

    Curtir

  8. Esse ladrão vagabundo, comparsa do vagabundo lulladrão, não caguetou toda a quadrilha de ladrões, porque o juiz vagabundo de toga, sabia que a caguetagem vai acertar em cheio esse tribunal de bandidos, comparsas do vagabundo lulladrão.
    Esse juiz vagabundo de toga, tem que ser impichado da justiça, investigado por recebimento de bilhões de reais em propina, assim como, vagabundo tofoli e o roubandowski.

    Curtir