Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Pai mata filho de 1 ano e esconde corpo no armário

Eder Moraes de Lima, de 22 anos, tentou enganar polícia – disse que o menino havia sido sequestrado por traficantes na Baixada Fluminense

Um pai suspeito de matar o próprio filho e esconder o corpo no armário de casa foi preso na noite desta segunda-feira no Rio de Janeiro. O menino, Thainan Santos Moraes, de 1 ano e 7 meses, foi asfixiado pelo pai na casa onde moravam na favela Três Irmãos, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense.

Segundo a Polícia Civil, após matar o filho, Eder Moraes de Lima, de 22 anos, ainda enrolou o corpo da criança em um lençol e ocultou o cadáver no armário.

O suspeito chegou a registrar uma falsa ocorrência de sequestro do bebê na 54ª Delegacia de Polícia (Belford Roxo). Durante a queixa, ele afirmou que sua namorada, que não é a mãe da criança, e o menino Thainan haviam sido raptados por traficantes da favela Castelar, também em Belford Roxo.

Eder Moraes de Lima será apresentado à Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense nesta terça-feira.

Leia também:

Ônibus são queimados após 4 mortes em favela no Rio

Quatro favelas do Rio de Janeiro enfrentam confrontos e morte neste final de semana

(Com Estadão Conteúdo)