Operação da PF busca grupo que fraudou a Ferrovia Norte-Sul

A ação cumpre 2 mandados de prisão preventiva, contra Jader Ferreira das Neves, filho do ex-presidente da Valec, e contra o advogado Leandro de Melo Ribeiro

O Ministério Público Federal e a Polícia Federal realizam nesta quinta-feira uma operação contra crimes de lavagem de dinheiro nos estados de Goiás e Mato Grosso. A investigação é focada no recebimento de propina nas obras da ferrovia Norte-Sul.

A ação cumpre 2 mandados de prisão preventiva, contra Jader Ferreira das Neves, filho do ex-presidente da Valec José Francisco das Neves, o Juquinha, e outro contra o advogado Leandro de Melo Ribeiro. A Valec é a empresa pública da área de infraestrutura ferroviária responsável pelas obras e manutenção da Norte-Sul.

Também serão cumpridos 7 mandados de busca e apreensão e 4 mandados de condução coercitiva nos dois estados. A operação é um desdobramento das investigações da Lava Jato e uma nova etapa das operações O Recebedor e Tabela Periódica.

Juquinha e o filho já foram condenados neste ano a, respectivamente, 10 e 7 anos de reclusão, por formarem quadrilha e lavarem aproximadamente R$20 milhões provenientes da prática de crimes de cartel, fraudes em licitações, peculato e corrupção nas obras de construção da Ferrovia Norte-Sul.

A operação baseia-se em acordos de colaboração premiada assinados com o MPF/GO pelos executivos das construtoras Camargo Corrêa e da Andrade Gutierrez, que confessaram o pagamento de propina ao então presidente da Valec, o Juquinha, bem como em investigações da Polícia Federal em Goiás, que levaram à identificação e à localização de parte do patrimônio ilícito mantido oculto em nome de terceiros.

(Com Agência Brasil)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Seria este o Juquinha do Cabral que viajava de helicóptero?
    Mas que cachorrinho safadinho….!

    Curtir

  2. Fernando Araujo

    Será que agora vão botar a mão no Sarney? Vai ser a mesma coisa que com o safado do Maluf, como já estão com idade avançada não irá para a prisão e vai continuar desfrutando o dinheiro roubado, ele e a família.

    Curtir

  3. Marcyo Frankfurt

    Mas lama nos trilhos por isso a logística do Brasil é a pior do mundo

    Curtir

  4. José Antonio Debon

    A Veja já publicou matérias sobre esse assunto citando que ex-dirigentes da estatal Valec compravam terras no traçado da ferrovia para depois serem desapropriadas por valores muitto superiores, superfaturamento de contratos, compra de grandes quantidades de trilhos com baixa qualidade e preços altos, etc….

    Curtir

  5. Devolução da grana, punição dentro da lei e retomada das obras até o final. Vai lá MP!!! Depois faz uma leste-oeste!!!

    Curtir

  6. Hermes Sobreira

    Será que agora pegam o segundo mais corrupto de todos os tempos,o bigodudo Sarney?Disse o segundo,pois o primeiro o Brasil inteiro sabe quem é.

    Curtir

  7. Nessa roubalheira o sarney vagabundo ladrão, não vai para a cadeia também?
    O vagabundo ladrão sarney é pior que os ladrões açougueiros, pior o ladrão lulladrão, pior que os mensaleiros e os ladrões do petrolão.

    Curtir