Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

O diário do assassino de Campinas

Na noite de réveillon, o técnico de laboratório Sidnei Ramis de Araújo matou a ex-mulher, o filho e mais dez pessoas

Reportagem de VEJA desta semana traz detalhes do diário do assassino responsável pela chacina de Campinas. Desde a separação em 2011, o técnico de laboratório Sidnei Ramis de Araújo alimentava um ódio crescente contra a ex-mulher, Isamara Filier, registrado no caderno: “Perdão filho, mas ainda mato essa vaca”, escreveu em 2014. Na noite de Ano-Novo, ele invadiu a casa da família Filier e matou a ex-mulher, o filho e outras dez pessoas que comemoravam a virada do ano. Após a barbárie, Sidnei se matou com um tiro na cabeça.

Para ler a reportagem na íntegra, compre a edição desta semana de VEJA no iOS, Android ou nas bancas. E aproveite: todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no Go Read.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Geroldo Zanon

    Este assassino de CAMPINAS é um PETISTA de carteirinha

    Curtir

  2. Danpiersean Craibrosnnery

    Parece haver indícios de que o amor está rareando em nossa espécie.

    Curtir

  3. Vanessa Pereira

    Srs psicopatas e assassinos, lá em Brasília existe um lugarzinho bacana chamado Congresso Nacional. Esta recheado de gente boa.

    Curtir