Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Nigerianos usam SP como rota de cocaína para Europa

Por AE

São Paulo – O relatório mundial sobre drogas de 2012 do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) destaca que o tráfico de cocaína para o oeste da Europa e para a África passa por São Paulo e está nas mãos de grupos nigerianos. O documento observa que a mudança no comando do crime na América do Sul, por muitos anos nas mãos de grupos criminosos colombianos, ocorreu a partir de 2005 e está consolidada.

Segundo a ONU, a maior parte desses grupos criminosos não é organizada hierarquicamente, opera como unidades independentes em redes abertas. Dessa forma, fica difícil impedir o fluxo. Desde 2007, a Polícia Federal brasileira investiga a rota e, em 2009, desbaratou três quadrilhas de tráfico internacional de nigerianos que atuavam no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos.

As quadrilhas pagavam propina a servidores da Receita Federal e da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), além de cooptar funcionários de companhias aéreas e vigilantes responsáveis pela segurança do aeroporto para que facilitassem o envio de malas cheias de cocaína. O relatório da ONU indica que Venezuela, Equador, Peru e Brasil seguem recebendo grande parte da droga produzida na Colômbia – na rota para a Europa. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.