MTST invade prédio da Presidência em São Paulo

Sem-teto protestam contra o cancelamento da construção de 11.250 unidades do Minha Casa Minha Vida. Cinco foram detidos

O Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) invadiu na tarde desta quarta-feira o hall do prédio que sedia o escritório da Presidência da República em São Paulo, localizado na Avenida Paulista, Zona Oeste da capital paulista.

O grupo, que já havia protestado contra o presidente interino Michel Temer (PMDB) em frente à casa do peemedebista na semana passada, desta vez pichou a fachada do edifício que abriga o escritório presidencial. Eles protestam contra o cancelamento da construção de 11.250 unidades do programa Minha Casa Minha Vida.

A assessoria da Polícia Militar informou que os sem-teto picharam o prédio por volta das 14h10 e, após tentativas frustradas de invasão, atacaram os policiais. Por volta das 16h30, a Polícia Militar prendeu cinco pessoas que participavam do ato. A confusão começou quando um dos manifestantes atirou um rojão em direção aos policiais. A Tropa de Choque também está no local.

O MTST, liderado por Guilherme Boulos, afirmou que o movimento ficará acampado em frente ao prédio até que sejam retirados. Devido ao ato, a Companhia de Engenharia de Tráfico (CET) informou que uma faixa da direita sentido Consolação permanece bloqueada.

(Da redação)