Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mensagens entre Vaccarezza e Cabral geram polêmica

Por Guilherme Waltenberg

São Paulo – A mensagem enviada por celular pelo deputado federal Cândido Vaccarezza (PT-SP), ao governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), tranquilizando-o com relação às investigações durante sessão da CPI do Cachoeira, gerou polêmica também nas redes sociais.

O blog de Anthony Garotinho publicou, por volta das 11 horas de hoje (18), um tuíte reproduzindo a mensagem de Vaccarezza para Cabral, dizendo para o governador peemedebista não se preocupar com a CPI. Para Garotinho, esta “é a maior prova de que uma pizza gigante já está no forno da CPI”. Minutos depois, Garotinho voltou a falar sobre o assunto: “Essa cumplicidade de petistas e peemedebistas para protegerem Sergio Cabral é um deboche com o povo.”

O deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL-RJ), que faz oposição ao governador do Rio, também criticou a troca de mensagens, através do Twitter. “CPI blinda governadores e dono da Delta. Vaccarezza é do Cabral e Cabral é do Vaccarezza! A aliança PT-PMDB vai longe.”

Os partidos também registraram suas posições, algumas delas com ironia. Foi o caso do PSD, partido do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab: “Não se preocupe CHALITTA.. vc é delles e elles “são teu” #vergonha.”a mensagem faz referência ao pré-candidato do PMDB à prefeitura de São Paulo, brincando com o duplo “L”, em referência à parceria entre o ex-presidente Collor e o PT, alinhados na CPI. Apesar de apoiar o governo Dilma no plano nacional, o PSD em São Paulo fechou aliança com o PSDB de José Serra, nas eleições para a Prefeitura.

O PPS, partido de oposição à Dilma Rousseff, fez críticas duras e diretas ao PT. “Vergonha Nacional! Vaccarezza foi pro brejo junto com o que restava de dignidade no PT! É a esculhambação explícita da política!”, divulgou a legenda no Twitter. Em seguida, postou: “Você é nosso e nós somos teu”. Tem coisa + ridícula e reveladora da cumplicidade dessa escória da política brasileira?”

O perfil do PSDB de São Paulo na rede de microblogs, principal partido da oposição ao PT, também deixou suas críticas. Neste caso, foram pontuais e direcionadas à presidente Dilma Rousseff, ao pré-candidato do PT à prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, e a Gabriel Chalita. “Não se preocupe Dilma, Vc é deles e eles “são TEU”” (sic), ironizaram os tucanos.