Mais um ônibus é queimado em SP – já são 11 esta semana

Novo ataque ocorreu em Ferraz de Vasconcelos, na Região Metropolitana

Em menos de uma semana, chegou a onze o número de ônibus queimados na Região Metropolitana de São Paulo. O 11º ataque ocorreu por volta das 22 horas desta quarta-feira, no Parque Dourado, próximo a um conjunto habitacional de Ferraz de Vasconcelos, na região leste da Grande São Paulo.

Leia também:

Leia também: Cinco ônibus são queimados em 24 horas em São Paulo

Cerca de 20 adolescentes, um deles armado com uma pistola, forçaram a parada do coletivo da Viação Real, que opera a linha municipal, e alguns invadiram o veículo. Após roubarem cerca de 40 reais da catraca, os criminosos – que também carregavam um galão com gasolina – começaram a espalhar o combustível no ônibus e encharcaram também a roupa do cobrador, ameaçando atear fogo nele.

A vítima, assim como os passageiros e o motorista, conseguiram abandonar o ônibus antes de ele ficar em chamas. Os bombeiros foram acionados e apagaram o fogo, que destruiu o coletivo. Até as 2 horas da madrugada desta quinta-feira, nenhum suspeito havia sido detido. Segundo a polícia, ninguém ficou ferido.

Onda de ataques – Desde o último final de semana, o crescente número de coletivos queimados na Grande São Paulo tem levado a polícia a suspeitar cada vez mais de uma ação comandada por criminosos ligados ao Primeiro Comando da Capital (PCC).

Além disso, nos últimos 15 dias, seis policiais militares morreram durante a folga e bases da PM foram atacadas. Já são 40 policiais militares mortos neste ano. Em 2011, foram assassinados 47, sete em serviço. O governo estadual ainda não sabe se são fatos isolados ou ataques relacionados ao crime organizado.

(Com Agência Estado)