Livro reconstitui intrincado assassinato de Celso Daniel

Silvio Navarro, editor do site de VEJA, revela detalhes inéditos do crime com precisão e imparcialidade

celso-daniel-livroO assassinato do prefeito de Santo André Celso Daniel é um esqueleto que ainda assombra o PT. O livro Celso Daniel — Política, Corrupção e Morte no Coração do PT, de Silvio Navarro, editor do site de VEJA, reconstitui o caso e ajuda a entender o enigma em todas as suas nuances. Resenha publicada em VEJA desta semana destaca a precisão e a imparcialidade do relato, fruto de ampla pesquisa. Se ainda não é possível dizer quem foi o mandante do crime, a obra tem o mérito de revelar detalhes inéditos do crime ocorrido há quase quinze anos. Navarro assegura que havia um terceiro carro na noite do assassinato, e não apenas dois; e que os sequestradores eram oito, e não seis. O autor ainda desfaz a imagem de Daniel como paladino da luta contra a corrupção. “Celso Daniel foi conivente com o roubo ‘altruísta’ para o caixa corrupto do PT. Disso não tenho dúvida”, escreve Navarro.

Para ler a reportagem, compre a edição desta semana de VEJA no iOS, Android ou nas bancas. E aproveite: todas as edições de VEJA Digital por 1 mês grátis no iba clube.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Nilson Rodrigues

    Vai uma dica do mandante: tem 9 dedos, barba e língua presa. Que tal? És capaz de advinhar? rsrsrsmmm

    Curtir

  2. Decio Werneck

    Esse crime estava resolvido, mas de repente abafaram. Agora retorna, mas descobriram que o crime tem o dedo cortado do LLuLLa*** e aí a coisa pega, mas depois de outras tantas confirmações de réu, o esclarecimento final virá a tona, com o LLuLLa*** preso não tem como escorregar e acrescenta mais anos de recolhimento. Se o Navarro não narra, é por que não conseguiu desvendar direito, ou por não se possível publicar agora. Mas tenho certeza que existe a afirmação correta. Crime de “amigos” do pt.

    Curtir

  3. Pietro Muniz Giotto

    “É fácil fazer teoria da conspiração, mas a morte de Celso Daniel não foi política” (Marcos Carneiro Lima, ex-delegado geral de São Paulo). Nilson Rodrigues e Decio Werneck, vocês tem provas ou convicções que foi o Lula?

    Curtir

  4. Coloque na mão da PF que eles saberão quem foi e prenderão todos, inclusive delegados de polícia !

    Curtir

  5. Fábio Luís Inaimo

    Não, não foi o Lula , foi o PT !!

    Curtir

  6. Fábio Luís Inaimo

    Oito caras morreram pra abafar o crime petralha, e o cidadão vem aqui querer tampar o sol com a peneira, se liga nó cego!

    Curtir

  7. Pietro Muniz Giotto

    Fábio Luís Inaimo, então seu seguir teu raciocínio, posso dizer que a morte do policial civil Lucas Gomes Arcanjo, foi à mando do Aécio Neves, já que o policial denunciava toda a podridão do Aécio.

    Curtir

  8. Fábio Luís Inaimo

    Como a mente da petralhada é criativa ! Entorta tudo !!

    Curtir

  9. Silvio, tem alguma coisa mal contada nessa história. Olha, ele foi torturado barbaramente. Ou seja, isso tem alguma motivação muito séria. Eu acho estranho que não tenham apenas assassinado ele. Foi algo além disso.

    Curtir

  10. Bom dia Brasil.
    Parabéns pelo livro com seus ditos.
    O crime, deve ser entendido e julgado pela justiça de olhos cerrados.
    A verdade, aflora, de uma forma ou de outra, por mais que se tente desvirtuá-la, destruí-la, amordaça-la.
    O caminho do mal, muitas vezes enseja, invencibilidade, mas no final, a desgraça chega e é sem fim.

    Curtir