Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Leitor

"Bolsonaro é uma invenção que pode ficar tão cara para o Brasil quanto seria o retrocesso de reeleger Lula." Cesar Marcelo de Oliveira Paiva, São Luís, MA

Assuntos mais comentados  

  • A ameaça Jair Bolsonaro (capa)
  • O nu na exposição do MAM
  • Nilton Bonder (Entrevista)
  • Artigo “Rumo aos 100%”, de J.R. Guzzo
  • Os 100 anos da Revolução Russa

Jair Bolsonaro

VEJA traz o presidenciável Jair Bolsonaro sob o título “A ameaça Bolsonaro” (11 de outubro). É um alerta. Bolsonaro é uma invenção que pode ficar tão cara para o Brasil quanto seria o retrocesso de reeleger Lula, um megalomaníaco populista que protagonizou os dois maiores esquemas de corrupção já vistos no mundo. E a invenção é a mãe de todas as tragédias. O Brasil teve o homem da vassoura, um caçador de marajás, um metalúrgico, uma supergerente, e, em todos os casos, os resultados foram desastrosos. Basta de impeachments. Dois já são suficientes, e nem sempre o vice será um Itamar Franco. O exemplo mais recente é Michel Temer, outra herança maldita do petismo. Está na hora de o eleitor, especialmente o mais jovem, tomar juízo e votar com consciência.
Cesar Marcelo de Oliveira Paiva
São Luís, MA

Não entendi por que VEJA gastou uma dezena de páginas para falar sobre o “candidato” Jair Bolsonaro. É um espertalhão que, com seu discurso incendiário, pretende seduzir o eleitorado enojado com a política atual.
Luiz Antônio Alves de Souza
São Paulo, SP

O deputado Jair Bolsonaro tem o direito de se candidatar e concorrer com os que estão aí. Agora, ameaça terrível para o Brasil e para os brasileiros é a continuação da corrupção nos poderes, com a existência de verdadeiras quadrilhas, como denunciou o ex-procurador-geral da República.
Edson Ribeiro
Belo Horizonte, MG

Pior que a ameaça Bolsonaro é a ameaça Lula. Vade-retro, os dois.
Alberto de Sousa Bezerril
Natal, RN

Entendo, perfeitamente, que Jair Bolsonaro — caso seja eleito presidente na próxima eleição — constitua de fato uma ameaça. Será uma ameaça a presidentes de estatais, dirigentes de ONGs suspeitas, pseudointelectuais, artistas de ocasião, jornalistas cooptados por interesses escusos, profissionais da política e todos os integrantes/apoiadores da seita petista.
Marcelo Figueiredo Correia da Rocha
Salvador, BA

Candidato não é ameaça porque não obriga ninguém ao voto. Resta saber por que tantos encontram nele respostas a seus anseios, a ponto de manifestarem intenção de elegê-lo.
Harlen Soares Veloso
Montes Claros, MG

Na atual polaridade política, à sombra do efeito Trump, a bancarrota da esquerda poderá gerar outra esperança postiça. Contudo, as alternativas que se ensaiam vêm na esteira de um continuísmo nefando. Vale lembrar: a distopia da bandalha nacional e a venalidade dos poderes já se tornaram um truísmo da nossa plutocracia. Para grave moléstia, o remédio tonteia e tem gosto amargo.
Cleberton O. Garmatz
Ijuí, RS

 


PELADO NA EXPOSIÇÃO

Estou estupefato com os rumos que a arte e o que chamam de arte moderna estão tomando. Parece-me que o objetivo é somente criar polêmica (“O silêncio dos inocentes”, 11 de outubro). Será que o termo bom-senso está tão fora de moda?
Robert Ittner
Joinville, SC

A performance artística com nudez não teve um conteúdo erótico, segundo os adultos ali presentes. Mas e para as crianças, com sua natural curiosidade diante da descoberta sexual? Acho que essa descoberta deveria ser feita gradualmente, e apenas no universo infantil delas.
Julio de Melo Cavestro
Belo Horizonte (MG), via smartphone

Sempre instruímos nossas crianças a não dar confiança a estranhos, a não aceitar balas nem bombons. Agora, em nome da arte, vale tudo?
Ivone Armando
São Paulo, SP

Até concordo com a reportagem no que se refere à liberdade de expressão. Mas os senhores deixariam suas filhas ou netas interagir com o peladão?
Dimas Sampaio Peixoto
Salvador, BA

 


Nilton Bonder

O STF deu um tiro no pé ao permitir aulas de religião nas escolas públicas. Afirma o rabino Nilton Bonder (“Proselitismo, não”, Páginas Amarelas, 11 de outubro) que o ensino religioso não pode privilegiar nenhuma religião e que a crença religiosa do professor será tendenciosa. O rabino está certo.
Jair Gomes Coelho
Vassouras, RJ

Sempre tive aulas de religião na escola. Nunca houve constrangimento nem proselitismo. A religião deveria ser ensinada de todas as formas, em todos os colégios. O Brasil é um país cristão. A religião não traz prejuízos à criança. Deveríamos, isso sim, nos preocupar com o ensino de algo que não tem base biológica nem científica, a tal “ideologia de gênero”. Esta certamente traz um prejuízo enorme a nossas crianças e adolescentes.
Daniel G. Fialho
Belo Horizonte (MG), via smartphone


J.R. Guzzo

No excelente artigo “Rumo aos 100%” (11 de outubro), J.R. Guzzo conseguiu sintetizar a real situação do ex-presidente Lula. Apenas uma ressalva: não é necessária a condenação definitiva de Lula para que o juiz Sergio Moro seja considerado um dos maiores heróis que o Brasil já teve, pois ele já o é!
Luiz Eduardo Campos Leite
Recife (PE), via smartphone

Eu tinha resolvido parar de assistir aos noticiários da TV, que todo dia traziam um capítulo novo sobre a política do nosso país. A cada notícia boa, logo depois se seguiam duas ruins. Isso vem se repetindo há muito tempo. Então, deparo com o excelente artigo de J.R. Guzzo. Está tudo ali. Tudo o que nós, brasileiros patriotas, queríamos ouvir sobre o ex-­presidente Lula. Independentemente dos últimos resultados dessas pesquisas suspeitas, que o apontam como o primeiro colocado para presidente em 2018. Aconteça o que acontecer, o texto do colunista lavou a alma do povo brasileiro de bem. Acabou, Lula. Perdeu!
Roberto Chaves Sant Anna
Ribeirão Preto, SP


Especial Rússia

Revolução Russa: breves sucessos e fracasso histórico (//VEJA)

Primorosa a reportagem de VEJA sobre o centenário da revolução na Rússia (Especial 100 Anos da Revolução Russa, 11 de outubro)! Essa nação riquíssima em história e cultura surpreenderá muita gente em 2018, com excelência inclusive em sua Copa do Mundo.
Lisa S. Vosvizek
Rio de Janeiro, RJ

 

VEJA deu uma aula, com excelência! Um mergulho na história da Rússia. Tenho ascendência russa e me deliciei com o especial. Parabéns!

Rosemeire de Campos Bicudo - Elias Fausto, SP

 


Lava-Jato

Na reportagem “O banco do PMDB” (20 de setembro), foi noticiado que a Polícia Federal possuía imagens de Gustavo Ferraz entrando e saindo com malas e caixas do apartamento atribuído ao ex-ministro Geddel Vieira Lima. A defesa esclarece que requereu acesso aos supostos vídeos, tendo o delegado responsável pelas investigações informado que eles não existem. Preso desde 7 de setembro, o cliente já prestou os esclarecimentos sobre o caso e aguarda pedido de revogação da prisão preventiva.
Pedro Machado de Almeida Castro e Octavio Orzari, advogados
Brasília, DF

Publicado em VEJA de 18 de outubro de 2017, edição nº 2552