Lava Jato no STF e João Doria nas manchetes de 05/05/17

O relator da Lava Jato no STF, Edson Fachin, vai levar questões polêmicas ao plenário após a 2ª Turma mandar soltar condenados na operação

A decisão do ministro Edson Fachin, relator da operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), de levar questões polêmicas ao plenário da Corte está nas manchetes dos jornais nesta sexta-feira. O Globo informa que a decisão foi combinada com a presidente Cármen Lúcia depois de a 2ª turma revogar a prisão de condenados pela operação. O Globo destaca que o juiz Sergio Moro e a força-tarefa da Lava Jato defendem as prisões preventivas. Na Folha de S.Paulo, reportagem principal destaca que o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), está fechando espaços de lazer para criar salas de aula que atendam crianças de 4 e 5 anos.

O Globo
Lava-Jato defende prisões contra corrupção sistêmica
O juiz Sergio Moro e a força-tarefa da Lava-Jato defenderam as prisões preventivas para o combate à corrupção. Em decisão divulgada ontem, Moro escreveu que, diante da “corrupção sistêmica e profunda, impõe-se a prisão preventiva para debelá-la, sob pena de agravamento do quadro criminoso”. O relator da Lava-Jato no STF, Edson Fachin, combinou com a presidente Cármen Lúcia de levar questões polêmicas ao plenário após a 2ª Turma mandar soltar condenados como o ex-ministro Dirceu.

Na guerra do Alemão, 10 mortos em 14 dias
Operação do Bope no Alemão, em resposta a ataques a bases das UPPs, deixou cinco mortos, totalizando dez vítimas em 14 dias. A violência no complexo de favelas é comparável à do período anterior à pacificação na área, iniciada em 2010. O secretário de Segurança, Roberto Sá, criticou o programa do estado ao dizer que “a UPP foi uma tentativa ousada demais”.

O Estado de S.Paulo
Prisões preventivas da Lava Jato dividem ministros do STF
A discussão sobre prisões preventivas da Operação Lava Jato deve dividir o plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) e provocar um julgamento acirrado. O entendimento pela manutenção das detenções, defendida pelo relator dos casos na Corte, Edson Fachin, tem maior chance de prevalecer entre os 11 ministros. 

Folha de S.Paulo
Doria fecha salas de lazer por vagas na pré-escola
A gestão João Doria (PSDB) tem fechado espaços como brinquedotecas e salas de leitura nas escolas de São Paulo para criar salas de aula que atendam crianças de 4 e 5 anos — cuja matrícula ê obrigatória. Para especialistas e professores, a política pode precarizar o ensino. Em março, a fila chegava a 4.352 crianças.

Valor Econômico
FMI faz crítica, mas governo já muda relação BC-Tesouro
Em documento sobre a transparência fiscal no Brasil, o Fundo Monetário Internacional (FMI) fez críticas à atual relação entre o Banco Central e o Tesouro Nacional. A equipe econômica, independentemente dessas críticas, já concluiu proposta para alterar a relação entre BC e Tesouro.

Correio Braziliense
Protesto repudia vinda de Dirceu a Brasília
Sob protesto e em meio a invasão de manifestantes, o ex-ministro José Dirceu chegou ao novo endereço, em Brasília, na quinta-feira. Policiais militares usaram gás lacrimogêneo para dispersar a multidão, que tentou agredir o petista.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Ministro do STF e João Dória: O que que uma coisa tem com a outra? Nada! É só a revista confundindo os desavisados.

    Curtir

  2. FERNANDO PEREIRA LIMA

    Bom dia a todos. O STF ainda é a esperança de todos os brasileiros, mesmo tendo em quadro dois faz tudo por Temer, que nesse caso são Alexandre de Morais e Gilmar Mendes. Acredito ainda na Suprema Corte. Mas os ventos que sopram de lá são ventos da parcialidade. Já que soltaram Dirceu, vamos completar a barganha, ou seja soltar o restante.

    Curtir

  3. Andre Luis Boldori

    Depois que o André do PT entrou na Veja a revista realmente só publica lixo… única coisa que me traz ao veja.com é Augusto Nunes… se perderem ele morre a veja. PT onde coloca a mão é como toque de midas ao reverso… Colocar um estagiário para fazer matéria da nisso.

    Curtir

  4. Hermes Alves de Matos

    Confundindo não, quer fazer propaganda desse tal Dória, todo santo dia a Veja inventa alguma coisa pra falar e postar foto do afilhado do “Geraaaaaaaaldo!!!

    Curtir

  5. José Vicente de Andrade sousa

    A seriedade do supremo está com a Lava Jato e o supremo tribunal está, descaradamente, com ativismo
    político em evidencia. Ativismo que se manifestou publicamente com o entendimento do supremo trio: tofoli, gilmar mendes e levandoski. Doria não tem nada a vê com isso tudo.

    Curtir