Kalil toma posse em BH e cobra ‘juízo’ de vereadores

Prefeito citou "nova era" e disse que é preciso governar "abrindo mão de cargos, emprego e gastos desnecessários"

O prefeito eleito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PHS), tomou posse neste domingo no cargo cobrando “juízo” dos vereadores da cidade. Kalil sugeriu que os legisladores municipais, que tomaram posse na mesma cerimônia, abram mão de indicações para o governo.

Em discurso, o prefeito disse que é preciso governar para quem precisa, e que isso “é governar abrindo mão de cargos, abrindo mão de emprego, abrindo mão de gastos desnecessários, levando remédio para esse povo. Todos nós somos responsáveis por essa gente desesperada”, afirmou, se dirigindo diretamente aos vereadores.

Em outro recado aos vereadores, Kalil afirmou existir hoje uma “nova era”. “Os que não entenderem que essa era chegou, o povo de Belo Horizonte vai saber o mais rápido do que pensa”, avisou.

Veja também

Segundo o prefeito “todo o dinheiro do município não será canalizado para troca de favores e empregos desnecessários”. “Então, senhores vereadores, muito juízo. Muito juízo nesse momento. Todos nós precisamos de muito juízo nesse momento. Nós vamos reformular a política nessa cidade”, disse.

O discurso de “alerta” de Kalil ocorre momentos antes da eleição para a presidência da Câmara Municipal. O candidato do prefeito é Doutor Newton (Pros), que tem como adversário Pastor Henrique Braga (PSDB), atual vice-presidente da Casa. Braga assumiu o comando da Casa com o afastamento, pela Justiça, do presidente Wellington Magalhães (PTN), investigado por suspeitas de irregularidades em licitações.

A cerimônia de posse de Kalil e vereadores da capital mineira foi marcada por protestos contra o presidente Michael Temer (PMDB). O parlamentar reeleito, Gilson Reis (PC do B), pediu “diretas já”, ao fazer o juramento de posse. Pedro Patrus (PT), no mesmo momento, gritou “Fora Temer” ao microfone, gesto repetido Áurea Carolina (PSOL), vereadora mais votada da cidade.

(com Estadão Conteúdo)