Joesley renuncia à chefia do conselho da JBS e já tem substituto

Controlador da empresa de carnes será trocado por Tarek Farahat, ex-CEO da P&G no Brasil

A JBS acaba de oficializar a saída de Joesley Batista do conselho de administração da empresa. Ele já estava afastado do conselho da J&F, a holding da família Batista, há quase dois meses, por determinação da Justiça no contexto da Operação Greenfield. Joesley renunciou ao cargo de presidente do conselho, em uma decisão interpretada por analistas de mercado como uma tentativa de blindar a companhia do escândalo de corrupção que envolve o executivo.

O substituto de Joesley na presidência do conselho será o egípcio Tarek Farahat. Ele já fazia parte do conselho da JBS desde 2013 e ocupa o cargo de presidente global de marketing e inovação da empresa desde 2015. Farahat está radicado no Brasil há mais de uma década e foi o presidente da P&G (empresa de bens de consumo) no país entre 2006 e 2012.

Veja também

A JBS tem sido alvo de críticas da sociedade (advogados, políticos, especialistas em casos de corrupção e de parte da população) desde que foi revelada a delação premiada de Joesley, no último dia 17, com a subsequente notícia de que ele se encontra fora do país e que existe a possibilidade de ele se livrar de qualquer punição na esfera criminal.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. GLIDER WEISSMANN Ramiro

    Está querendo enganar quem? Mascarando sua participação, pilantra Safado, Vc acha que engana quem? O povo Brasileiro entende sua manobra.

    Curtir