Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Homem confessa ter matado família com golpes de martelo

Luiz Carlos Flores matou o pai, a mãe, a irmã e o sobrinho de 10 anos na cidade de Penha, no litoral catarinense

Um homem de 38 anos confessou ter matado quatro familiares a marteladas na cidade de Penha, no litoral de Santa Catarina. Luiz Carlos Flores cometeu o crime na noite de sexta-feira, mas fez a confissão apenas na manhã deste domingo, segundo o jornal ‘Diário Catarinense’. As vítimas foram o pai, Luiz Nilo Flores, 72 anos; a mãe, Carmem Cunha Flores, 69 anos; a irmã, Leopoldina Carmem Flores, 41 anos, e o sobrinho Pedro Henrique Flores, 10 anos.

Em coletiva de imprensa, o delegado titular de Piçarras, Rodolfo Farah Valente Filho, afirmou que o acusado é usuário de cocaína e estava sob o efeito da droga quando atacou a família. Segundo o jornal, o delegado Rodolfo pediu a prisão temporária de Flores, mas, até as 18h deste domingo, ela não havia sido deferida. Ele se encontra escondido sob custódia da polícia, já que pode ser alvo da fúria da comunidade de Penha. Os pais de Flores eram muito conhecidos na cidade, segundo o jornal, e tinham onze filhos.

De acordo com a confissão de Flores, ele queria matar a irmã – mas acabou atacando os pais e o sobrinho “para que eles não sofressem”. O enterro da família ocorreu no sábado, em meio a grande comoção dos habitantes de Penha.

Antes de fazer a confissão, Flores havia dito à polícia que estava tomando banho quando o crime aconteceu, e que não havia “escutado nada”.