‘Hoje tenho vergonha do PT’, diz 1º prefeito eleito pelo partido

Gilson Menezes elegeu-se em 1982 prefeito de Diadema. Diante dos sucessivos escândalos, ele afirma que não conseguiria mais pedir votos para a legenda

Em 1982, nas primeiras eleições diretas para cargos do Executivo e Legislativo (excluindo-se o posto de presidente da República) desde o golpe de 1964, o PT elegeu o seu primeiro prefeito — o sindicalista e metalúrgico Gilson Menezes, em Diadema, na Região Metropolitana de São Paulo. À época, a sigla tinha apenas dois anos de história. Passados 36 anos daquela vitória – incluindo os treze que a legenda ficou à frente da Presidência da República -, o partido protagonizou sucessivos escândalos e está hoje imerso em sua maior crise: apeado do poder após o impeachment de Dilma Rousseff, amargou neste pleito municipal o pior resultado em 20 anos. Hoje no PDT, Menezes, que foi prefeito por dois mandatos (de 1982 a 1988 e de 1997 a 2000), deputado estadual, vereador e vice-prefeito, também está longe dos seus melhores dias: recebeu apenas 360 votos e não conseguiu se eleger para a Câmara de Diadema.

Assim como o partido, ele não está em bons lençóis com a Justiça, que bloqueou seus bens por suspeitas de irregularidades cometidas na época em que foi prefeito pela segunda vez. Apesar de ainda firmar alianças com o PT – em 2012, foi candidato a vice-prefeito na chapa de Mario Reali (PT) – Menezes já passou por PSC e PSB. E não esconde a frustração com a sigla que ajudou a fundar junto com o “companheiro” do sindicato dos metalúrgicos do ABC Luiz Inácio Lula da Silva. Em conversa com VEJA, o veterano afirmou que tem vergonha de sair às ruas e pedir votos para a antiga legenda que, segundo ele, desviou-se dos seus princípios e caiu no “fascínio do dinheiro”.

Como o senhor, que foi o primeiro prefeito petista, vê o partido hoje? Eu me sinto envergonhado. Esse não foi o objetivo pelo qual criamos o partido. Ele nasceu para ser diferente e acabou ficando igual aos outros. Eu lamento muito pelo que o partido está passando hoje.

Quais foram os pecados do partido que explicam as derrotas em 2016, principalmente no ABC?  Infelizmente, as pessoas que votavam no PT nesses lugares ficaram frustadas. O pecado foi a desonestidade, o caminho da corrupção tomado por algumas pessoas. Não são todas. Ainda há gente de bem no partido. E espero que essas pessoas façam uma reflexão, uma autocrítica profunda, para que o partido volte a ser o que era e para aquilo que foi criado.

O PT chegou a convidá-lo para apoiar a candidatura de Maninho (PT) [que ficou em terceiro lugar na disputa]? Chamou, mas eu não quis apoiá-lo. Não por causa do Maninho, mas por causa de todas essas coisas. Eu teria vergonha de pedir votos para o PT nessas eleições.

Por que o senhor saiu da sigla em 1988? Eu saí porque percebi que algumas pessoas estavam levando o partido para o caminho da corrupção e da falta de democracia. Era um lugar que eu não desejava.

Que pessoas? Neste momento, eu não gostaria de revelar nomes, mas são essas aí que aparecem na TV todos os dias.

Você e o Lula eram bastante próximos na época do sindicato. O que achou de todos esses casos que envolvem o nome do ex-presidente? Eu espero que não seja verdade porque senão será uma decepção muito grande. Para mim e muita gente que ainda acredita nele. Eu espero que ele prove o contrário, senão vai ficar muito feito para ele. Não posso aceitar que o dinheiro do povo não seja respeitado.

O senhor foi acusado de irregularidades pelo MP e está com os bens bloqueados…Teve uma empresa que fez uma campanha e doou para a prefeitura 4.000 livros eu apenas recebi esses livros. Eu não contratei a empresa. E fui condenado por isso. Livros para a população. Se tiver alguma coisa errada aí, foi a empresa e quem doou o dinheiro. Eu não. No entanto, estou com meus bens bloqueados por causa disso. Eu nunca roubei um centavo da prefeitura. Pelo contrário, numa compra de maquinários, me ofereceram comissão de 9% e eu disse para eles darem esse desconto para a prefeitura. Só para você ter uma ideia… fora as outras coisas.

Que outras coisas? Isso é comum? Infelizmente, é comum. Queriam doar para mim um terreno de 1.000 metros quadrados e eu entreguei para a prefeitura. Quem abre mão do seus princípios acaba caindo no fascínio do dinheiro. Hoje, posso andar na rua com dignidade e dizer: não sou corrupto e odeio corruptos.

O senhor também mudou de partido várias vezes. O PDT é melhor do que o PT? Gente ruim todo mundo tem. Mas é um partido que tem uma figura exemplar — Leonel Brizola. E ninguém pode acusá-lo de desonestidade. O PT deveria seguir esse exemplo.

O político Gilson Menezes, prefeito eleito da cidade de Diadema

O político Gilson Menezes, quando foi eleito em Diadema (Fernando Santos/Folhapress)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Democrata Cristão

    Aquele velho papo de comunista, sabe? “Interpretaram mal o Marx!”, “Não implantaram direito o Socialismo”, “A esquerda foi corrompida pela Direita” e etc. A verdade é que o PT é partido bolchevique, ou seja, fará qualquer coisa para permanecer no poder. E outra, Socialismo nunca deu e nunca dará certo.

    Curtir

  2. Ele é comunista sim, radical como todos e agora vem com conversa mole.

    Curtir

  3. Ataíde Jorge de Oliveira

    Vergonha Sem VERGONHA

    Curtir

  4. Fábio Luís Inaimo

    Comecei a desconfiar quando disse assim “O PT acabou ficando igual aos outros”! Não, O PT não é igual aos outros, não existe partido mais corrupto e antidemocrático, não, o PT não é igual aos outros!!

    Curtir

  5. Antonio Carlos Carvalho

    Precisam de informar melhor ou conhecer a história do país. Jamais deixou de ocorrer eleição para o Legislativo. Em 1967 houve eleição para governador dos Estados. É só acessar a página do TSE que tem essas informações. Estudem um pouco. Não dá trabalho.

    Curtir

  6. Antonio Carlos Carvalho

    Quem morava em São Paulo deve se lembrar que em 1965 foi eleito prefeito Faria Lima.

    Curtir

  7. alexandre coutinho pagliarini

    nutro da mesma vergonha, mas faz uns 10 anos. horror! alexandre pagliarini

    Curtir

  8. alexandre coutinho pagliarini

    horror! alexandre pagliarini

    Curtir

  9. A maioria dos petralhas foram para o PTD.

    Curtir

  10. Ah, tah! Se tem vergonha do PT entao larga essa praga.

    Curtir

  11. acreditando que o partido daria o seu melhor, em todos os sentidos, pra população brasileira sempre votei no PT, mas diante de tudo de errado que aconteceu também tenho vergonha da sigla, que para mim hoje não elegeria nem pra síndico de prédio; todos nós que sempre votamos no PT fomos enganados e isso é o que mais dói, ter confiado e sermos traídos

    Curtir

  12. APENAS MAIS UM

    Curtir

  13. Roberto Sanchez

    Chegou a hora de lutarmos ferozmente contra o Comunismo… na verdade estamos pelo menos 30 anos atrasados.

    Curtir

  14. Corrupção não é algo relativo apenas a dinheiro. Existe a corrupção moral, o que é pior do que o roubo, pois a partir dela “se justifica” até o roubo. O PT tem no seu DNA a corrupção moral e financeira. É o partido que quis ensinar crianças a serem homossexuais, aplicando a elas uma cartilha pornográfica. É o partido que apoia as maiores aberrações “artísticas” que insultam as religiões cristãs. É o partido que defende o livre consumo das drogas e o aborto em qualquer tempo. É o partido que fomenta a luta de classes e a invasão de propriedades. Roubar, para eles, é só um detalhe. E fazem tudo isso em nome do “bem”, tudo pelos pobres. É por isso que tenho nojo dessa coisa chamada Partido dos Trabalhadores.

    Curtir

  15. RUBENS LOPES SOUZA

    ainda bem que tiramos o PT do poder, agora só temos políticos honestos e que trabalham pelo bem do Brasil, não se importando com seus problemas pessoais, apenas com o bem estar da população

    Curtir

  16. Fabio Gonzales

    Enquanto a palermada que se declara de Direita e nem sabe direito o que é Direita, os petistas vão adorar a propaganda gratuita que os beneficia quando os chamam de socialistas e de comunistas porque na verdade o PT e os petistas são FASCISTAS. Não são socialistas, não são comunistas. Podem ser esquerdistas pois o Fascismo É de esquerda. Vocês bolsominions bobões que contribuem para que a imagem da Direita seja confundida com o nazismo e o fascismo, quando na verdade a Direita é pelo liberalismo econômico, pela Democracia, por liberdade de opinião, pelo Estado Mínimo e pelas privatizações, não só afastam pessoas de bem da Direita, como ajudam a manter a conotação negativa associada a ela. Eu sou de Direita na medida em que sou contra o controle estatal da economia e de tudo o mais, algo em comum com o Fascismo e o Socialismo/Comunismo e a favor da transição democrática de poder e pelas liberdades individuais e sou contra militares no poder no lugar de civis. Bolsominions são tão “bons” quanto petralhas. Só muda o uniforme, mas são ambos fascistas.

    Curtir

  17. Sergio Bertoni

    Alguém precisa avisar ele que a campanha política já acabou, e ele não tem mais chance. Agora bens bloqueado pela justiça, esse Sr é a cara do Pt.

    Curtir

  18. Manuel Geraldo Martins

    Os petistas envergonhados de tudo que fizeram, agora se dizem envergonhados e que o partido acabou ficando igual aos outros. MENTIRA. Não ficou. Qual partido hoje é igual ao PT hoje. Nenhum. O PT ficou pior que qualquer partido. Nunca na história deste país houve um partido tão corrupto, tão corruptor, com péssimos administradores. Dizer que o PT ficou igual os outros é uma forma de dizer: “roubamos, mas todos são ladrões”. “Corrompemos, mas todos são corruptos”.

    Curtir

  19. Sei, só depois das condenações? O PT é ruim demais. Sem a menor credibilidade, acabou.

    Curtir

  20. Tadeu Monteirinho

    Eu tem bem tenho vergonha, de dizer que votei nessa facção chamada PT.

    Curtir

  21. Flavio Feronato

    Brizola? Apenas colocou os traficantes do Rio no poder. Vá se catar seu… seu socialista!

    Curtir