Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Haddad oficializa nome de Nádia Campeão para vice

Por Daiene Cardoso

São Paulo – O pré-candidato do PT à prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, oficializou nesta quarta o nome da presidente do diretório estadual do PCdoB Nadia Campeão como vice em sua chapa. O anúncio foi feito num encontro com dirigentes do PSB, que aprovaram a escolha de Nadia em substituição à deputada federal Luiza Erundina (PSB-SP), que abriu mão da vaga.

Segundo o presidente do diretório municipal do PSB, vereador Eliseu Gabriel, o partido não perde espaço na coligação. “Não sai perdendo, houve só mudança de vice. O PSB continua com o peso que tem nacionalmente e na cidade de São Paulo. O importante é que Erundina só não é a vice na chapa, mas ela está com Haddad”, garantiu o vereador.

Haddad afirmou que Nadia foi escolhida por já ter figurado em outras chapas do PT, por conhecer a cidade, por já ter participado da administração de Marta Suplicy na cidade e por “demonstrar capacidade de somar”. O petista acredita que Nádia poderá ainda ter um papel importante na preparação da cidade para a Copa do Mundo de 2014. “Ela é uma pessoa de muito mérito”, destacou.

Apesar de o dirigente do PSB admitir o desconforto com a saída de Erundina, Haddad disse que se sente satisfeito com a manutenção do apoio da deputada. “A Luiza estará conosco”, afirmou.

Nadia Campeão será apresentada nesta quinta como vice de Haddad em uma reunião da Rede Nossa São Paulo. “Começaremos imediatamente uma agenda em comum”, disse. Nesta quinta-feira, Haddad apresentará aos partidos de seu coligação (PSB, PP, PCdoB) o esboço do programa de governo que o PT vem trabalhando. Os aliados terão o mês de julho para se manifestar sobre as propostas de governo.

Datafolha

Questionado sobre o resultado da última pesquisa Datafolha, o petista não mostrou preocupação com a redução de dois pontos porcentuais na intenção de voto no seu nome. No último levantamento, Haddad aparece com 6% das intenções de voto. “Está dentro da margem de erro, não é um assunto para preocupação”, ponderou.

Ele minimizou a repercussão do apoio do deputado federal Paulo Maluf à sua candidatura. “Eu não personalizo essas questões. Para mim, o importante é o apoio institucional”, ressaltou. Para ele, o assunto será superado a partir do início da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV. De acordo com a pesquisa Datafolha, 62% dos eleitores de São Paulo rejeitam o de Maluf a Haddad.

Sobre a punição da Justiça Eleitoral, que o multou por propaganda antecipada, Haddad disse que respeita a decisão da Justiça, mas que pretende recorrer. “Eu respeito a decisão em primeira instância, mas ainda não é a decisão final”, comentou.Ontem, a Justiça Eleitoral multou Haddad, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o SBT e o apresentador Carlos Roberto Massa, o Ratinho, em R$ 5 mil cada por propaganda eleitoral antecipada. O recurso foi apresentado pelo PSDB e pelo PPS, em razão da entrevista de Lula no dia 31 de maio ao Programa do Ratinho.