Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Funaro entrega à PF registros de ligações de Geddel

Segundo o doleiro, ex-ministro telefonava para sua mulher para saber sobre sua disposição em delatar

O doleiro Lúcio Funaro entregou à Polícia Federal registros de pelo menos doze ligações do ex-ministro Geddel Vieira Lima para sua esposa, Raquel Pitta, para corroborar o que disse em seu depoimento. Segundo Funaro, que negocia um acordo de colaboração, Geddel havia tentado sondá-lo para saber de sua disposição em fazer uma delação premiada.

As ligações foram feitas via WhatsApp – mais difícil de ser grampeada – entre os dias 17 de maio e 1º de junho deste ano, sendo que a primeira aconteceu logo depois da publicação das primeiras informações sobre a delação premiada dos executivos da JBS.

‘Carainho’

As imagens da tela do celular da mulher de Funaro foram entregues à PF com a descrição de serem ligações entre a esposa de Funaro e “Carainho” – nome sob o qual Geddel estava registrado no celular. O número que aparece nas ligações é efetivamente o do ex-ministro do governo Michel Temer.

A preocupação de Geddel com possíveis delatores também foi relatada por Joesley Batista. Em seu depoimento, o dono da JBS afirmou que o ex-ministro o procurava de vez em quando e perguntava: “E o passarinho? Está calmo?”. Era uma referência velada ao ex-deputado federal Eduardo Cunha, preso em Curitiba na Operação Lava Jato, e a suas intenções de contar o que sabe ao Ministério Público Federal.

Geddel é apontado por Joesley e pelos outros delatores da JBS como o homem que fazia a ligação entre Temer e o empresário. Depois de o ministro deixar o governo, acusado de pressionar pela liberação de uma obra em Salvador onde tem um apartamento, Joesley teria passado a tratar com Rodrigo Rocha Loures, então assessor especial de Temer.

Veja também

Defesa

A defesa de Geddel rechaçou “a prática de qualquer ilicitude” do ex-ministro. “É importante ser ressaltado que, desde que se viu injustamente enredado em procedimentos de apuração instaurados em seu desfavor, o senhor Geddel Vieira Lima colocou-se à disposição de todas as autoridades constituídas, comparecendo espontaneamente para prestar declarações, inclusive com deslocamentos para a capital federal, disponibilizando os seus sigilos bancário e fiscal, não criando qualquer óbice para o prosseguimento das investigações”, diz a defesa.

(Com Reuters e Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Ataíde Jorge de Oliveira

    ÇüÏNOCüLLpTÏURA$$EAR@LLhEIA.com.enGOV.ju$

    Curtir

  2. Geddel tem doutorado honoris causa em corrupção, já era corrupto experiente no tempo dos anões do orçamento.

    Curtir

  3. José Antonio Debon

    Até agora não se falou nada sobre os ” doleiros” parece que toda essa corrupção, desvio de dinheiro público, caixa 2, remessas para o exterior, só acontecem com a intermediação do doleiro.
    Quantos doleiros existem no Brasil, a PF tem uma linha de investigação para combater os doleiros?

    Curtir

  4. José, o Youssef é um doleiro, o Funaro é um doleiro… . O Moro já condenou doleiros em 26 processos!

    Curtir

  5. Alberto luiz da Silva

    o carainho é um dos maiores corruptos do brasil e nunca foi preso!!!!

    Curtir

  6. Alberto luiz da Silva

    o geddel é um dos maiores corruptos do brasil e nunca foi preso!!!!

    Curtir