Explosão em fábrica de remédios deixa 17 feridos em MG

Três estão em estado grave, um deles teve 100% do corpo queimado; há suspeita de que o fogo tenha começado em uma estufa de secar comprimidos

Uma explosão deixou 17 pessoas feridas em uma fábrica de medicamentos na manhã desta terça-feira em Pouso Alegre, em Minas Gerais. Três vítimas estão em estado grave e uma delas teve 100% do corpo queimado. Todas foram socorridas e levadas ao Hospital Samuel Libânio, na própria cidade, mas alguns podem ser transferidos para outras unidades.

Equipes do Corpo de Bombeiros e peritos estão no local para tentar descobrir o que exatamente aconteceu e os riscos para a estrutura da empresa Cimed a partir de agora.

A suspeita é de que o fogo tenha começado após uma estufa de secar comprimidos explodir no galpão, arremessando telhas a metros de distância. Bombeiros gastaram 10.000 litros de água para conter as chamas que começaram por volta das 6 horas.

Leia também:

Incêndio atinge três lojas no Centro de São Paulo

Incêndio esvazia comitê de Dilma em Brasília

Serra da Cantareira tem focos isolados de incêndio

(Com Estadão Conteúdo)