Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Enzzo, 8 anos: quem é o ‘mini-Moro’ de Santa Catarina?

Site de VEJA conversou com a mãe do garoto que se vestiu como o magistrado para estudar

Um post publicado na página do Facebook administrada pela mulher do juiz federal Sergio Moro, Rosângela Moro, neste domingo, mostra um menino estudando de terno e gravata porque quer ser “igual ao magistrado”. A publicação, que teve mais de 800 compartilhamentos até a manhã desta segunda-feira, foi feita pela mãe do garoto em um comentário sobre outro post da página.

A mãe do ‘mini-Moro’, Beatriz Cespedes, 42 anos, contou que ficou emocionada ao perceber o destaque que seu filho Enzzo, 8 anos, ganhou após a publicação. “Confesso que fiquei emocionada quando vi o post. Comentei essa foto num post com o vídeo do Moro, mas não imaginava que fosse ganhar essa repercussão.” A família mora na cidade de Blumenau, em Santa Catarina, e acompanha a política e a Lava Jato diariamente por meio do noticiário.

Sobre a atitude do filho, Beatriz conta que se surpreendeu. “Ele tinha uma prova no dia, aí o chamei para estudar e percebi que estava demorando muito. Quando apareceu, estava de terno e gravata. Eu me surpreendi e disse: ‘Para que terno e gravata para estudar, Enzzo?’ Ele respondeu: ‘Porque eu quero ser igual ao Sergio Moro, mãe’. Só consegui pensar na hora: ‘Que Deus te abençoe e você consiga atingir os seus objetivos, meu filho.'”

LEIA TAMBÉM:
Moro cita Roosevelt em vídeo caseiro postado pela mulher

A mãe conta que Enzzo sempre presta atenção nos comentários que a família faz sobre política e quando não entende o que está acontecendo pergunta para os pais. “Sempre me preocupei em explicar a política e por que tantos políticos estão sendo presos. Ele sempre presta atenção. A avó dele também acompanha a política assiduamente e, como ele fica com ela na parte da tarde, acabou vendo e se interessando pela figura do juiz Moro”.

Segundo a mãe, o menino já fala sobre qual profissão deseja seguir. “Ele ainda é muito pequeno, mas às vezes diz que quer ser como o pai, que é engenheiro. Já outras, diz que quer ser da polícia federal,  juiz, mas aqui em casa, a prioridade agora é ser criança, então ele anda de bicicleta, brinca de carrinho, joga bola na rua como toda criança.”, afirma.

Beatriz, que é empresária, conta que sempre incentiva os estudos do filho, que está no 3º ano do ensino fundamental. “Ele é um pouco preguiçoso, como toda criança, mas nunca recebi nenhum tipo de reclamação da escola. Isso com certeza é fruto da educação que damos a ele dentro de casa”.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Que legal! isso até me faz sentir melhor.
    A lavagem cerebral da escola pública ainda não levou a todos.

    Curtir

  2. Bom sinal de que o Brasil começa a mudar suas referências. Afinal, idolatrar sindicalista bandido parece que não deu muito certo…

    Curtir

  3. Jurandir marques

    Parabéns, o Brasil está nessecesitando de pessoas do quilate do DD. Juiz Sérgio Moro. Que essa nova geração siga o exemplo de V. Exc. e possa fazer do Brasil um país melhor!

    Curtir

  4. Que Deus te abençoe Enzzo, o país está precisando mesmo, de novas gerações com pensamentos construtivos em prol do Brasil.

    Curtir

  5. Luiz Fernando Quirino

    Afasta o menino desse caminho. Nesta idade os heróis devem ser outros.
    A propósito, tenta explicar para esse garoto o que foi o caso “Banestado”. Quem se beneficiou com ele, e o que essas pessoas pretendem na política de agora.
    Se o menino não tomar nojo, deixa-o ir em frente.

    Curtir

  6. Como Vovó dizia:
    “A Educação vem do berço pois a casa dos PAIS é a ESCOLA dos filhos.”
    [Educa-se com EXEMPLOS; Doutrina-se com blablablá]

    Curtir

  7. Edison Floripa

    Parabéns Enzzo! Que esta sua necessidade de ajudar o Brasil não se perca no tempo.

    Curtir