Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em Petrópolis, rio Quitandinha entra em alerta máximo

Risco é de transbordamento no centro da cidade, com chuvas que ainda são intensas na região serrana do Rio. Na capital, aeroporto foi fechado no final do dia

O rio Quitandinha, em Petrópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro, entrou em estágio de alerta máximo de transbordamento nesta segunda-feira. Isso significa que, se a chuva continuar intensa, o nível da água pode ultrapassar as margens. Em março deste ano, o Ministério Público do estado do Rio acionou a prefeitura de Petrópolis, o governo do Rio e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) exigindo que o poder público realizasse obras para evitar o transbordamento dos rios Quitandinha e Piabanha. Na ocasião, 30 pessoas morreram em decorrência da chuva na cidade.

Uma forte chuva também atingiu o Rio de Janeiro no fim da tarde desta segunda-feira, deixando a cidade em estágio de atenção – o segundo nível em uma escala de quatro – desde as 17h30. Segundo o Centro de Operações da prefeitura, a previsão é de chuvas moderadas, ocasionalmente fortes, até a madrugada. As Zonas Norte e Sul são as mais atingidas, em especial os bairros Alto da Boa Vista, Irajá, Méier, Copacabana, Jardim Botânico, Laranjeiras e Santa Teresa.

O tempo chuvoso fez com que o Aeroporto Santos Dumont ficasse fechado durante uma hora para pousos e decolagens. As operações foram reabertas na noite desta segunda-feira, mas funciona por instrumentos. O internacional Tom Jobim (Galeão), na Ilha do Governador, também opera por instrumentos.

Chuva coloca o Rio em estado de atenção