Eike Batista paga parte de fiança e juiz suspende prazo

Empresário tinha até as 0h desta quinta-feira para pagar 52 milhões de reais e não voltar para o presídio de Bangu 9, onde ficou preso entre janeiro e abril

Em prisão domiciliar desde o fim de abril por decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, o empresário Eike Batista começou a pagar nesta quarta-feira a fiança de 52 milhões de reais imposta pelo juiz federal Marcelo Bretas. O pagamento da cifra milionária é a condição imposta pelo magistrado para que o ex-bilionário não volte ao presídio de Bangu 9, onde ficou preso por três meses. O prazo de três dias úteis ao pagamento da fiança estipulado por Bretas, que acaba à 0h desta quinta-feira, está suspenso por ordem dele enquanto Eike não deposita o valor integral.

“Suspendo os efeitos da decisão de fl. 2561 até a integralização do valor da fiança”, escreveu o juiz federal em um despacho na tarde de hoje, sem determinar um novo prazo para a integralização do pagamento. Não há informações sobre o valor já depositado em juízo pelo ex-bilionário.

A reportagem tenta contato com o advogado de Eike, Fernando Martins.

Preso na Operação Eficiência, desdobramento da Operação Lava Jato no Rio, Eike Batista é réu em uma ação penal na Justiça Federal. Ele é acusado pelo Ministério Público Federal dos crimes de corrupção ativa e lavagem de dinheiro por supostamente ter pago 16,5 milhões de dólares em propina ao ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral por meio de contratos fictícios de compra e venda de uma mina de ouro na Colômbia. O valor de 52 milhões de reais da fiança equivale às vantagens indevidas supostamente pagas por Eike ao peemedebista.

A ex-primeira-dama Adriana Ancelmo também teria recebido de Eike Batista, conforme com os procuradores, um milhão de reais de em contratos fictícios de advocacia.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Horrível, fale.

    Curtir

  2. tudo dinheiro roubado seu juiz, este canalha terrorista ajudou a roubar o pais, crianças morreram e morrem de fome, miséria, doenças, já imaginou se fosse seu filho ou filha?, outros não tiveram sua sorte perderam seus entes queridos… pense sobre isso, tem que ir preso e apodrecer na cadeia, cade a pena de morte pra crime hediondo e terrorismo, vai pro saco preto assassino…

    Curtir

  3. Everton Pereira

    Por que será que a Veja está tão caladinha em relação a denuncia bombástica do Temer e Aécio?

    Curtir

  4. Ataíde Jorge de Oliveira

    FáÇiLL :
    : äGORA é $ó PôR_Ä_VeNDa num BRëXó
    A_CASACA da Po$$e do ExxxPresidANTO
    Exº Srº LuiZ Inácio LuLla da SiLvA.pT_$d$

    Curtir

  5. Deve ter cagado dinheiro….kkkkkkk

    Curtir

  6. oneias cezar filho

    Sim. Só ouvimos falar do que Eike pagou. Não se fala do que ele teria embolsado, como os da Odebrechet. Parece, até aqui, que ele teria pago propina para ter suas licenças ambientais, como a do Porto do Açu, liberadas. Não vi, até agora, o que Eike teria “roubado” do dinheiro público e, juntando isto ao fato de que ele estava em Nova York, poderia ter fugido para a Alemanha, mas voltou ao Brasil espontaneamente, e mais ainda, ao fato de que não foi julgado, por que tamanha perseguição? Só mais isto. Por que dois pesos e duas medidas? Entre ele e Lula, quem merecia mesmo já estar numa cadeia? Quem?

    Curtir

  7. paulo roberto carmesini

    PQP, e o gerente de banco me enchendo o saco por $1000,00. Pode?

    Curtir