Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘É importante o apoio de Marta ao Haddad’, diz Carvalho

Por Tânia Monteiro

Brasília – O ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, disse que “é importante” que a senadora Marta Suplicy apoie o ministro da Educação, Fernando Haddad, na sua campanha à prefeitura de São Paulo. Gilberto Carvalho minimizou ainda os problemas enfrentados por Haddad com o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que classificou como “um sucesso” e disse que a fraude ocorrida no exame no Ceará “não atrapalha” em nada a campanha e o desempenho do ministro nas urnas. “Nada desfaz a extrema competência com que Fernando Haddad e a sua equipe tem gerido o MEC nos últimos anos”, defendeu Carvalho.

Antes de embarcar para a Europa, a presidente Dilma Rousseff apelou à Marta Suplicy para que ela desistisse de sua candidatura à prefeitura de São Paulo pelo PT. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, principal articulador da campanha de Haddad, já tinha feito o mesmo pedido a ela. Mas Carvalho negou que, como prêmio de consolação, Marta Suplicy possa ganhar um ministério, justificando que o governo precisa dela no Senado. “Isto não está em discussão. Quem escala ministério é a senhora presidenta Dilma Rousseff”, declarou.

Ao falar sobre a importância de Marta Suplicy na campanha de Haddad, o ministro Gilberto Carvalho lembrou que ela “foi uma grande prefeita e teve um gesto de muita maturidade neste momento”, referindo-se à sua desistência de concorrer à prefeitura. “Sem dúvida ela é uma eleitora importante não só em São Paulo e pelo País a fora”, ressaltou ele, acrescentando que ser “óbvio que é importante (que a Marta apoie o Haddad)”.

“Sabemos o quanto é importante a presença da Marta na campanha e faremos de tudo para que, de fato, ela, além de continuar nos ajudando muito no Senado, pela sua experiência, pela sua competência, que ela nos ajude nas eleições em São Paulo”, afirmou o ministro, que passou a defender Haddad. “A gente tem de relativizar o que é dar problema”, disse ele, ao falar sobre as fraudes no Enem. “O Enem foi um sucesso. Houve uma fraude, infelizmente praticada por uma pessoa em uma única cidade no País. Nós não podemos permitir que um incidente, que infelizmente se deveu à má intenção de uma pessoa atrapalhe um exame que é um sucesso no conjunto do País”, disse o ministro, acrescentando que “então, nós temos de encarar as coisas com as devidas proporções”.

As declarações de Carvalho foram dadas à imprensa após ele participar de um encontro no auditório do anexo do Palácio do Planalto.