Doria recua e diz que marginais não irão para iniciativa privada

Um dia após dizer que ele e Alckmin discutiram a concessão das vias, prefeito afirma que elas continuarão a ser operadas pela CET, órgão ligado à prefeitura

Um dia após anunciar a intenção de conceder as Marginais Tietê e do Pinheiros à iniciativa privada, o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), recuou da proposta nesta terça-feira, 9, afirmando que as duas principais vias da capital continuarão a ser administradas pela Prefeitura.

A intenção havia sido anunciada após uma reunião entre o prefeito e o governador Geraldo Alckmin (PSDB), seu padrinho político. No encontro foi discutida a possibilidade de fazer a concessão das marginais, a exemplo do que o estado fez com as rodovias, ou uma Parceria Público-Privada (PPP).  Uma das questões em aberto era como se daria a remuneração da empresa que ganhasse a concessão – geralmente, nesse tipo de contrato, existe cobrança de pedágio, o que Doria negou desde o início.

“Não teremos pedagiamento na [Marginal] Tietê e na [Marginal] Pinheiros e nem mesmo concessão. As marginais continuarão a ser operadas pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), pela Prefeitura de São Paulo, dentro do Programa Marginal Segura”, disse Doria nesta terça-feira.

Segundo o prefeito, o intuito do encontro de segunda-feira, que também reuniu a Agência Reguladora de Transportes de São Paulo (Artesp) e a concessionária CCR, era discutir como “integrar as marginais às rodovias” que chegam à capital. “Nenhuma privatização será feita nas Marginais Tietê e Pinheiros, nem sequer está em estudo. Neste momento, não pensamos em nenhum tipo de concessão nem de PPP em relação às marginais”, afirmou Doria.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. MARGINAIS NÃO IRÃO PARA INICIATIVA PRIVADA ? ENTÃO FICARÃO COM O GOVERNO MESMO ? Ô DA REDAÇÃO ? VC FUMOU PEDRA ?

    Curtir

  2. Social Democrata Nem Direita Nem Esquerda

    Gilson, Marginais são as grandes avenidas de São Paulo que fazem “margem” a rios como Tietê por exemplo. Só para sua informação.

    Curtir

  3. Robson La Luna Di Cola

    Já estava imaginando quando o Dória iria privatizar o ar atmosférico, para empresas que irão cobrar uma taxa de todos os cidadãos para respirarem…

    Curtir

  4. Fábio Luís Inaimo

    Boçalnaro; terrorista como Dilma ex presidiário como Lula , vai estatizar a democracia com seus milicos amestrados.

    Curtir

  5. RUBENS LOPES SOUZA

    Governar assim é fácil, só espero que ele não confisque os imóveis, que tanto lutamos pra comprar, e entregue para grupos privados, kkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  6. Fábio Luís Inaimo

    Confiscar é coisa da direita burra e aloprada…vide Collor. Já faz tanto tempo e ainda não aprenderam, só aumentou a burrice !

    Curtir

  7. Amyr Feitosa

    se fizer isto o reizinho fica nu e mostra a que mesmo veio … tolos esquecem que seu mandado tem quatro anos e nem começou direito ainda.

    Curtir

  8. Fábio Luís Inaimo

    Boçalnaro, se fosse bom mesmo tinha emplacado prefeito no Rio, nem isso fez, fez oque até agora a não ser verborragia de palanque, igualzinho ao Lula !

    Curtir