Dirceu chega a Brasília aos gritos de ‘ladrão’

Carro que transportava o ex-ministro foi alvo de socos de manifestantes ao parar na garagem de prédio. Protesto teve Lewandowski inflado e STF hostilizado

O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu chegou de carro às 21h25 desta quinta-feira ao prédio onde mora em Brasília. O petista, que deixou a cadeia em Curitiba na quarta, foi hostilizado por cerca de 50 pessoas ao chegar ao local.

Alguns dos manifestantes conseguiram invadir a garagem do edifício e deram socos no carro que transportava o ex-ministro. Um efetivo de 15 policiais militares do Distrito Federal conteve o grupo, que gritava “Fora, Dirceu” e “Dirceu ladrão, seu lugar é na prisão”.

Condenado em primeira instância pelo juiz Sergio Moro na Lava Jato, o petista teve a prisão preventiva revogada pela 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal. Moro acatou a decisão, mas determinou o uso de tornozeleira eletrônica e proibiu Dirceu de manter contato ou se encontrar com investigados na operação e de sair dos limites da cidade onde declarou residência — no caso, Brasília.

Lewandowski inflado

Antes da chegada do ex-ministro, os manifestantes também criticaram a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), com palavras de ordem como “Supremo Tribunal, vergonha nacional”.

Em protesto contra Ricardo Lewandowski, um dos três juízes que votaram pela soltura, um boneco inflável de 13 metros retratando o ministro do STF com uma estrela do PT no peito foi colocado ao lado do prédio de Dirceu.

Manifestantes protestam em Brasília contra libertação de José Dirceu

Manifestantes protestam em Brasília com boneco de Ricardo Lewandowski (Dida Sampaio/Estadão Conteúdo)

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Lixo humano esse Dirceu

    Curtir

  2. Daniel De Freitas

    Ladrão, criminpso e safado! Podre e fétido merece prisão perpétua!

    Curtir