Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Difícil não pensar que mandaram derrubar avião, diz filho de Teori

Segundo Franscisco, seu pai, que foi morto em um acidente aéreo em 19 de janeiro de 2017, sabia “quanto cada um estava afundando nesse mar de corrupção”

Francisco Prehn Zavascki, filho do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki, morto no ano passado, fez uma publicação no Facebook questionando o envolvimento de partidos políticos com a morte de seu pai. Na publicação, ele sugere uma ligação entre a morte e uma tentativa para barrar a Operação Lava Jato a qualquer custo.

“Derrubaram a Dilma e assumiu o Temer. Do que eles são capazes? Será que só pagar pelo silêncio alheio? Ou será que derrubar avião também está valendo?”, escreveu. A publicação foi feita logo após a divulgação da conversa entre o empresário Joesley Batista e o presidente Michel Temer pelo jornal O Globo.

Segundo Franscisco, seu pai, que foi morto em um acidente aéreo em 19 de janeiro de 2017, sabia “quanto cada um estava afundando nesse mar de corrupção”, e não era à toa que ele estava “tão aflito com o ano de 2017”. “Aflito ao ponto de me confidenciar que havia consultado informalmente as Forças Armadas e que tinha obtido a resposta de que iriam sustentar o Supremo até o fim!”, relata. “Desculpem o desabafo, mas não tenho como não pensar que não mandaram matar o meu pai!”

A VEJA procurou Francisco, mas, até o momento da publicação desta nota, não conseguiu encontrá-lo.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Sergio Augusto

    bla bla bla de conspiração, um piloto experiente teria retornado para SP, e ninguem teria morrido !!

    Curtir

  2. Jorge Luiz Machado

    Zavascki quer aparecer em época de crise.

    Curtir