Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Depoimento de Nem da Rocinha é adiado

Delegado de polícia, testemunha de defesa, faltou à audiência, que foi remarcada para a próxima segunda-feira

O depoimento do ex-chefe do tráfico de drogas da Rocinha Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, foi adiado para a próxima segunda-feira. No mesmo dia, serão ouvidos William de Oliveira e Alexandre Leopoldino Pereira da Silva. Todos respondem por porte ilegal de arma de fogo e associação para o tráfico. O motivo da transferência de datas foi a ausência do delegado de polícia Maurício Demétrio, uma das testemunhas arroladas pela defesa. O delegado alegou problemas de saúde.

A audiência começou nesta quinta-feira por volta das 14h com o depoimento de quatro testemunhas de defesa de William e Alexandre. Os dois aparecem ao lado de Nem em um vídeo gravado na Rocinha, negociando a compra de um fuzil. Como os advogados dos dois insistiram na presença de Demétrio, a juíza Nearis dos Santos Carvalho Arce dos Santos, da 38ª Vara Criminal da Capital, teve de remarcar a audiência.

Foram ouvidos nesta quinta-feira o secretário estadual de Segurança Pública do Rio, José Mariano Beltrame, o vereador Paulo Messina, o delegado de Polícia Alexandre Herdy e o deputado estadual André Lazaroni. Segundo a denúncia do Ministério Público do Estado do Rio, Nem liderou o tráfico de drogas na Rocinha durante os últimos seis anos. William de Oliveira, ex-presidente da Associação de Moradores, e o assessor parlamentar Alexandre Pereira foram apontados pelo MP como braços políticos de Nem na intermediação e comércio de armas.

Nem deixou o presídio federal de Campo Grande, no Mato Grosso na quarta-feira e passou a noite em Bangu I. Foi montado um esquema de segurança para que ele fosse julgado. Nem ficou na carceragem do Fórum Central com passagem exclusiva até a sala de audiências.

O traficante permanecerá no Rio até segunda-feira. Na sexta, dia 11, ele participa de outra audiência na Central de Assessoramento Criminal do Fórum, referente a um processo por tráfico de drogas que ele responde na 17ª Vara Criminal da Capital. A audiência será presidida pela juíza Alessandra de Araújo Bilac Moreira Pinto.

LEIA TAMBÉM:

Prisão do traficante Nem: a ‘carteirada’ desta vez não funcionou

Só a corrupção explica o poder do traficante Nem

Traficante Nem da Rocinha é preso na Zona Sul do Rio

William da Rocinha é exonerado do cargo de assessor na Câmara dos Vereadores do Rio