Decisão do STF sobre delação da JBS nas manchetes de 22/06/17

Corte deve manter homologação da delação do empresário Joesley Batista

O julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a delação do empresário Joesley Batista, dono da JBS, está nas manchetes dos jornais nesta quinta-feira. Para O Globo e O Estado de S.Paulo, plenário da Corte deve confirmar homologação da delação e manter Edson Fachin como relator do caso. Na Folha de S.Paulo, destaque é o veto da justiça à venda de ativos da JBS à companhia rival Minerva.

O Estado de S.Paulo
STF indica que confirmará delação de Joesley Batista
O Supremo Tribunal Federal (STF) deve confirmar nesta quinta-feira a homologação da delação do Grupo J&F e a manutenção de Edson Fachin como relator do caso. Em julgamento iniciado na quarta-feira, ministros indicaram que a maioria deve apoiar a decisão de Fachin e confirmar que cabe ao relator do caso dar a palavra na colaboração. Além de Fachin, Alexandre de Moraes votou e ressaltou que o ato de homologação é “formal”. 

O Globo
STF indica que manterá regra sobre delação
Só dois dos 11 ministros votaram ontem, ambos a favor da manutenção das delações como são aprovadas hoje. Nas discussões em plenário, outros três ministros sinalizaram que poderão votar da mesma forma. Um outro já se manifestara anteriormente contra a revisão do acordo do MP com a JBS, o que daria maioria a esta corrente. O caso deve permanecer com Fachin.

Veja também

Folha de S.Paulo
Justiça barra plano de vendas de ativos da JBS
Em decisão divulgada na quarta, o juiz federal Ricardo Leite, do Distrito Federal, vetou a venda de negócios da companhia à rival Minerva. A operação já estava fechada e renderia cerca de R$ 1 bilhão à JBS. A empresa irá recorrer da decisão. O acordo com o concorrente era o primeiro passo de um amplo programa de venda de ativos anunciado pela JBS nesta semana com o objetivo de levantar ao menos R$ 6 bilhões.

Valor Econômico
Braskem investirá R$ 2,2 bi em sua 6ª fábrica nos EUA
A Braskem deu ontem um sinal de força ao anunciar investimento de US$ 675 milhões (aproximadamente de R$ 2,2 bilhões) na construção de uma nova fábrica de polipropileno nos Estados Unidos.

Zero Hora
Incerteza na rota da Freeway
A menos de duas semanas para vencer o contrato de 20 anos da Triunfo Concepa como administradora da freeway (BR-290), principal ligação entre a Capital e o Litoral, a empresa afirma não ter certeza se vai continuar na gestão da rodovia. Atual concessão vence no dia 4 de julho, mas a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) diz que estenderá prazo por dois anos.