Crescimento do PIB nas manchetes de 02/06/17

Resultado positivo é puxado pela agropecuária e não garante que país saiu da recessão

O crescimento de 1% do Produto Interno Bruto (PIB) de janeiro a março, em relação aos últimos três meses de 2016, está nas manchetes dos principais jornais nesta sexta-feira. Puxado pelo setor agropecuário, o avanço é visto com cautela. Para O Globo, resultado não garante que o país saiu da recessão. Na Folha de S.Paulo, economistas afirmam que o crescimento precisa ocorrer em vários setores para que a economia esteja em expansão.

Folha de S.Paulo
Após dois anos de queda, PIB volta a subir no 1o. trimestre
O PIB (Produto Interno Bruto) cresceu 1% de janeiro a março, em relação aos últimos três meses de 2016. O principal fator para a elevação foi o desempenho do setor agropecuário, que teve alta de 13,4% no trimestre, embalado por safras recordes de grãos. Os serviços, que respondem por mais de 70% do PIB, ficaram estáveis. A indústria teve crescimento leve, de 0,9%.

O Globo
PIB tem 1ª alta desde 2014
O presidente Michel Temer comemorou: “Acabou a recessão!”, escreveu em rede social. Mas, para analistas, não é possível dizer ainda se o país saiu da recessão, já que o PIB no segundo trimestre deve crescer menos ou até ficar estagnado e a economia pode sofrer os impactos da crise política.

O Estado de S.Paulo
PIB volta a crescer, mas crise política ameaça retomada
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, reconheceu que, a curto prazo, a economia pode ainda mostrar números ruins. “Há expectativa de acomodação”, afirmou. Analistas preferiram manter a prudência e esperar pelos próximos resultados e pelos desdobramentos da crise em Brasília antes de comemorar.

Valor Econômico
Economia volta a crescer, mas retomada é incerta
A economia brasileira cresceu 1% no primeiro trimestre, quando comparada aos três meses anteriores, registrando a primeira alta em dois anos. O avanço do PIB foi uma boa notícia, mas a abertura dos dados mostra um quadro menos animador, com o bom desempenho muito concentrado na agropecuária

Correio Braziliense
Temer festeja fim da pior recessão da história do país
Pela primeira vez, em dois anos, o Brasil dá sinais de que começa a sair da crise herdada do governo Dilma. “Acabou a recessão”, tuitou Temer. Economistas ressalvam, no entanto, que só a aprovação das reformas trabalhista e previdenciária poderá assegurar uma recuperação sustentável.