Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Clientes do Opportunity retiram R$ 1 bi

O envolvimento de Daniel Dantas no esquema investigado pela Operação Satiagraha da Polícia Federal motivou a clientela do Grupo Opportunity a retirar recursos aplicados no banco. Até quinta-feira, os resgates já somavam 1 bilhão de reais, o equivalente a 6,2% do patrimônio total administrado pelo Opportunity. Conforme o próprio banco, um total de 30% dos resgates — o equivalente a 350 milhões de reais — já tinham sido efetivados.

O dinheiro saiu do setor de gestão dos recursos de terceiros, a principal atividade do grupo. Ainda na quinta, o banco divulgou nota informando que seus fundos “continuam operando normalmente, com liquidez absolutamente adequada”. No primeiro dia da crise (terça-feira), o Opportunity informou que a movimentação financeira executada por clientes ficara em 1,5% do patrimônio total. Dois dias depois, os resgates quadruplicaram.

A retirada de recursos não é novidade para o Opportunity, que viu movimentação semelhante na Operação Chacal, que apurou a ligação de Daniel Dantas com a Kroll — que era acusada de espionar integrantes do governo. Na ocasião, em 2004, o Opportunity chegou a perder 12% de seu patrimônio. “Depois, estabilizamos”, afirmou ao jornal O Estado de S. Paulo o diretor comercial do banco, Fernando Rodrigues. “Estamos tranqüilos.”